Grátis: 70 anos do TBC nos 465º aniversário de São Paulo

70 anos do TBC nos 465º aniversário de São Paulo

SÃO PAULO – Duas leituras cênicas muito especiais vão reunir mais de 30 artistas, entre atores, diretores e técnicos, no aniversário de São Paulo, dia 25, no Auditório da Biblioteca Mário de Andrade, para comemorar também os 70 anos do TBC (Teatro Brasileiro de Comédia), completados em outubro último e lembrados em premiação recente da APCA.

As leituras serão precedidas de contextualizações históricas e de projeções de fotos, às 14h, apresentadas pela ATBC, sobre as montagens originais no célebre teatro do Bixiga.

Seis horas seguidas, a partir das 14h, serão dedicadas a dois dos maiores diretores do TBC em sua época áurea: o polonês Ziembinski e o paulista Flávio Rangel, com espetáculos emblemáticos que dirigiram, sucessos de crítica e público: Volpone, de Ben Jonson, em adaptação de Stefan Zweig; e A Semente de Gianfranceso Guarnieri, respectivamente.

O evento tem curadoria do crítico e pesquisador teatral Alvaro Machado, do diretor teatral Ruy Cortez e do ator Sílvio Restiffe, membros da diretoria da ATBC – ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO TBC E DO TEATRO BRASILEIRO.

Denise Fraga, Celso Frateschi, Daniel Alvim, Joca Andreazza, Élcio Nogueira Seixas, Luciano Gatti, Lúcia Romano, Cibele Forjaz e Johana Albuquerque são alguns dos artistas que participam das comemorações.

FICHA TÉCNICA – VOLPONE

Texto: Ben Jonson
Adaptação: Stefan Zweig
Tradução: Brutus Pedreira e Mário da Silva
Direção: Johana Albuquerque

Intérpretes:
VOLPONE (a raposa) – Daniel Alvim
MOSCA (a mosca) – Luciano Gatti
CORVINO (o corvo de carniça) – Joca Andreazza
CORBACCIO (o velho corvo) – Sérgio Pardal
VOLTORE (o abutre) – Elcio Nogueira Seixas
COLOMBA (mulher de Corvino) – Vera Bonilha
CANINA (a cortesã) – Johana Albuquerque
LEONE (filho de Corbaccio) – Cacá Toledo
COMANDANTE – Luciano Schwab
JUIZ – Luciano Schwab

Pianista: Pedro Birenbaum
Visagismo: Marina Reis
Cabelos: Junior Salles
Edição do texto: Marcos Daud
Preparação e revisão do texto: Maria Inez de Souza
Produção: Bendita Trupe
Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro

Ficha técnica LEITURA CÊNICA de A SEMENTE

Texto: Gianfrancesco Guarnieri

Atores-criadores da Cia. Livre e convidados:

Adriano Salhab

Elcio Nogueira (à confirmar)

Fernanda Haucke

Lucia Romano

Marcos Damigo

Raoni Garcia

Sergio Siviero

Convidados Especiais:

Denise Fraga, como Rosa

Celso Frateschi, como Agileu

Orientação teórica: Álvaro Machado

Cenografia/Vídeo: Clá Mor

Luz: Cibele Forjaz

Músico em cena:  Adriano Salhab

Arte gráfica e Objetos: Clarissa Morgenroth

Divulgação: Adriana Monteiro

Assistente de Direção: Álvaro Machado

Direção: Cibele Forjaz

TBC

Fundado em outubro de 1948, o Teatro Brasileiro de Comédia, no bairro paulistano da Bela Vista, representa marco fundamental para a modernização e profissionalização de todo o teatro brasileiro, tendo funcionado sob o comando do empresário Franco Zampari entre 1948 e 1961, e da Comissão Estadual de Teatro entre 1961 e 1964. Também passou por ocupações artísticas de diretores e produtores teatrais como Antônio Abujamra e Gabriel Villela entre as décadas de 1960 e 1990. Atualmente em processo de reformas, com suas estruturas já reformuladas e ampliadas arquitetonicamente, aguarda acabamento interno para a reabertura de duas amplas salas, espaço expositivo, centro de memória teatral etc. / O edifício, no bairro do Bixiga (rua Major Diogo, 315), propriedade da Funarte, permanece fechado desde 2007, após ter sido realizada uma reforma estrutural que custou aos cofres públicos cerca de 15 milhões de reais (além de outros 5 milhões para a aquisição do prédio) – em projeto que destina ao local a sede do Centro de Memória da Dramaturgia Brasileira, um espaço expositivo, café-terraço e dois palcos com todos os recursos contemporâneos. Atualmente sua reforma final encontra-se paralisada.

ATBC – ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO TBC E DO TEATRO BRASILEIRO – Como tudo começou e onde se quer chegar

Em novembro de 2018 foi criada juridicamente a Associação dos Amigos do Teatro Brasileiro de Comédia e do Teatro Brasileiro, que tem entre seus membros-fundadores atores como Sérgio Mamberti e Denise Fraga, além de apoiadores como os atores/atrizes Celso Frateschi, Nathalia Thimberg, Marcos Caruso e Fernanda Montenegro, entre dezenas de outros, bem como diretores como Zé Celso Martinez Corrêa, Eduardo Tolentino, Kiko Marques, Marco Antonio Rodrigues e Amir Haddad, além de pesquisadores e produtores de teatro de várias partes do país.

Porém, já desde setembro de 2017, os profissionais envolvidos com a associação têm trabalhado em conjunto com esses artistas no movimento “Salvar o TBC”, tendo convocado desde então diversos encontros da classe teatral e promovido petições assinadas por mais de 4 mil pessoas na Avaaz e nas redes sociais. Dessa maneira, o movimento vem articulando a criação do Território Cultural do Bixiga, que ampliaria seu raio de ação para além do quadrilátero dos teatros TBC, Oficina e dos prédios históricos de seu entorno, como a Casa de Dona Yayá (hoje sob administração da USP). O TBC é tombado pelos seguintes órgãos do Patrimônio Histórico: CONPRESP (municipal) e CONDEPHAAT (estadual).


A partir da constatação de que outros teatros brasileiros passam por problemas semelhantes, com equipamentos históricos se deteriorando e teatros-sede de grupos consagrados que não têm, porém, condições plenas de manutenção, a partir da consolidação de seu projeto de reabertura do TBC, a ATBC pretende ampliar sua abrangência, pela preservação da memória do teatro brasileiro, como fundamento de novas formas de criação e de produção.


A possibilidade de parceria com programas governamentais, privados e colaborativos, bem como a assessoria, formação e capacitação que visem gestão de projetos sustentáveis como garantia da manutenção dos teatros brasileiros, são parte do universo da ATBC. Entre seus objetivos sociais: promover a cultura e a educação para incentivar e defender as artes cênicas brasileiras e sua dramaturgia, bem como preservar o patrimônio cultural e histórico material e imaterial do teatro brasileiro.

Para acessar notícias e história da ATBC, pesquise @ATBCBR em Facebook.

Serviço: 70 anos do TBC no 465º ANIVERSÁRIO DE SP


Auditório da Biblioteca Mário de Andrade

EndereçoR. da Consolação, 94 – República, São Paulo – SP

Data: 25/01. 
Horários: Abertura às 14h, Leituras às 14h30, “Volpone” / e 17h, “A Semente”.

Recomendação: 14 anos.
Capacidade: 175 lugares

Grátis, com senhas distribuídas uma hora antes de cada espetáculo.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado