10 anos de história: Cia. Hiato faz mostra de repertório no Teatro João Caetano

10 anos de história: Cia. Hiato faz mostra de repertório no Teatro João Caetano

SÃO PAULO – A premiada Cia. Hiato revisita os principais espetáculos de sua carreira para celebrar seus 10 anos de trajetória em uma mostra de repertório, em cartaz no Teatro João Caetano, entre 24 de janeiro e 24 de fevereiro de 2019. O projeto reúne os espetáculos Amadores (2016), Ficção (2012), 2 Ficções (2014), O Jardim (2011), Odisseia (2018), Cachorro Morto (2008) e Escuro (desmontagem) (2009/2018), além do documentário amadores.doc e lançamento da publicação Projeto Ficção.     

A prestigiada Cia Hiato nasceu em 2007, a partir da criação do espetáculo Cachorro Morto (2008), várias vezes premiado, que projetou o nome de Leonardo Moreira como um dos novos autores de destaque da cena paulista.  Em 2009, o grupo encenou Escuro (2009), vencedor do Prêmio Shell de Teatro e do Prêmio da CPT – Cooperativa Paulista de Teatro. Sua terceira montagem foi a bem-sucedida O Jardim (2010), apresentada em várias cidades no Brasil e no Mundo, como Nova York, Washington DC, Atenas, Santiago, Bogotá, Dresden e Frankfurt, e venceu os prêmios Governador do Estado de São Paulo, Shell, APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e CPT – Cooperativa Paulista de Teatro.

Entre 2011 e 2014, a companhia se debruçou sobre o “Projeto Ficção”, que resultou na peça Ficção (2012), vencedora do Prêmio Questão de Crítica e indicada ao Prêmio Shell,e na palestra-espetáculo 2 Ficções (2014), que estreou no KunstenFestivaldesArts, em Bruxelas. Depois desses trabalhos, a Cia Hiato retorna à cena paulista com uma nova abordagem: deixa de lado o depoimento pessoal para olhar o outro, aquele que normalmente é excluído do palco ou que só aparece nele como representação ou discurso. O resultado desta incursão criativa foi o espetáculo Amadores (2016), eleito o melhor espetáculo do ano pela revista Veja São Paulo e indicado ao Prêmio APCA de melhor direção.

Em comemoração a seus 10 anos de trajetória, o coletivo se debruçou no clássico poema de Homero e associou-o a experiências pessoais de seu núcleo criativo para criar o espetáculo Odisseia (2018). O espetáculo foi indicado ao Prêmio Shell, na categoria “Inovação” e foi eleito o melhor espetáculo do ano, segundo a Folha de S. Paulo.

SERVIÇO

Cia Hiato – 10 anos – Mostra de repertório

Teatro Municipal da Vila Mariana João Caetano – Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino

De 24 de janeiro a 24 de fevereiro

Informações: (11) 5573-3774 / 5549-1744

Amadores (2016)

Temporada: 24 a 27 de janeiro, na quinta-feira, às 20h; na sexta e no sábado, às 16h e às 20h; e no domingo, às 19h. No dia 27, há projeção grátis do vídeo documentário “amadores.doc” às 16h

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Classificação: 14 anos

Duração: 150 minutos

Capacidade: 380 lugares

Ficha Técnica
Uma criação da Cia. Hiato, com: Aline Filócomo, Aura Cunha, Chicão Paraizo, Dalva Cardoso, Dom Lino, Fabi de Farias, Fernanda Stefanski, Giovanni Barontini, Leonardo Moreira, Loupan, Luciana Paes, Márcia Nishitani, Maria Amélia Farah, Marisa Bentivegna, Maurício Oliveira, Miguel Caldas, Nairim Bernardo, Nsona Kiaku Arão Isidoro Jorge, Oswaldo Righi, Paula Picarelli, Roberto Alves, Ronaldo de Morais, Rose Sforcin, Thiago Amaral e Yumi Ogino.

Ficção (2012)

Temporada: 31 de janeiro a 3 de fevereiro, de quinta a sábado, às 20h (2 monólogos); e no domingo, das 16h às 22h30 (maratona). No dia 3 de fevereiro, às 15h.

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Classificação: 16 anos

Duração: 2 monólogos: 150 minutos | Maratona: 390 minutos

Capacidade: 380 lugares

Ficha Técnica

Direção e dramaturgia: Leonardo Moreira (cada ator é também autor de seu solo). Elenco: Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Luciana Paes, Mariah Amélia Farah, Thiago Amaral e Paula Picarelli. Produção e Colaboração Criativa: Aura Cunha. Colaboradores: Dilson do Amaral e Milena Filócomo. Direção de Arte (Cenário e Desenho de Luz): Marisa Bentivegna. Assistência de Cenografia: Ayelén Gastaldi e Julia Saldanha. Figurinos: João Pimenta. Trilha Sonora Original (Ficção): Kuki Stolarski. Núcleo de Dramaturgia: André Felipe, Diogo Spinelli, Mariana Delfini, Michelle Ferreira, Rafael Gomes e Thompson Loiola. Fotos: Otávio Dantas e Ligia Jardim. Vídeos: Ricardo Sêco. Assistente de Produção: Yumi Ogino. Produção Geral: Elephante Produções Artísticas.

Palestra-espetáculo 2 Ficções (2014)

Apresentação: 3 de fevereiro, domingo, às 15h

Ingressos: grátis

Classificação: 16 anos

Duração: 60 minutos

Capacidade: 380 lugares

Ficha Técnica

Direção e dramaturgia geral: Leonardo Moreira, com fragmentos de “A Gaivota”, de A. Tchekhov, e “Reparação”, de I. McEwan. Atores-criadores: Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Mariah Amélia Farah, Thiago Amoral e Paula Picarelli. Direção de Produção & Assistente de direção: Aura Cunha. Cenografia, Espaço Cênico e Desenho de luz: Marisa Bentivegna. Música Original: Marcelo Pellegrini. Figurinos: João Pimenta. Assistente de produção: Yumi Ogino. Contrarregragem: Cezar Renzi. Fotos e vídeos: Otávio Dantas. Operação de Som: Dug Monteiro. Produção Musical: Studio Surdina. Co-Produção: KunstenFestivaldesArts.

O Jardim (2011)

Temporada: de 7 a 10 de fevereiro, de quinta a sábado, às 20h; e no domingo, às 19h

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Classificação: 16 anos

Duração: 90 minutos

Capacidade: 120 lugares

Ficha Técnica  

Dramaturgia e Direção: Leonardo Moreira. Elenco: Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Luciana Paes, Maria Amélia Farah, Paula Picarelli, Thiago Amaral e Edison Simão (ator convidado). Coordenadora de Produção/Gestão: Aura Cunha. Assistência de Direção: Amanda Lyra. Cenário e Desenho de Luz: Marisa Bentivegna. Assistente de Cenografia: Ayelén Gastaldi e Cezar Renzi. Música Original: Marcelo Pellegrini. Figurinos: Theodoro Cochrane. Objetos Cênicos: Victor Merseguel. Efeitos Especiais: Pepe Scrofft. Fotos e vídeos: Otávio Dantas. Criação Gráfica: Cassiano Tosta – DGRAUS. Produção executiva: Yumi Ogino.

Odisseia (2018)

Temporada: de 15 a 17 de fevereiro, na sexta, às 19h; e no sábado e noo domingo, às 18h.

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Classificação: 18 anos

Duração: 270 minutos

Capacidade: 120 lugares

Ficha Técnica

Livremente inspirado em “A Odisseia”, de Homero. Direção: Leonardo Moreira. Escrito por: Aline Filócomo, Aura Cunha, Fernanda Stefanski, Leonardo Moreira, Luciana Paes, Maria Amélia Farah, Paula Picarelli e Thiago Amaral. Elenco: Aline Filócomo, Aura Cunha, Fernanda Stefanski, Luciana Paes, Maria Amélia Farah, Paula Picarelli e Thiago Amaral. Assistência de Direção e Codireção: Aura Cunha e Luciana Paes. Dramaturgismo: Mariana Delfini. Iluminação e Cenografia: Marisa Bentivegna. Direção Audiovisual e Arte Gráfica: Laerte Késsimos. Trilha Sonora: Miguel Caldas. Figurinos: Chris Aizner. Objeto de Cena (Argos), Operação de Vídeo e Assistência de Palco: Cezar Renzi. Voz em off (Penélope – grego): Angeliki Papoulia. Voz em off (Odisseu – espanhol): Sebastian de la Cuesta. Fotos: Elina Giounanli e Ligia Jardim. Registro em Vídeo: Ricardo Sêco. Direção de Produção: Aura Cunha. Produção Executiva: Yumi Ogino. Produção Internacional: Ligne Directe, Judith Martin e Marie Tommasini. Coprodução: Sesc São Paulo; Onassis Cultural Centre – Atenas/Grécia; Mousonturm – Frankfurt/Alemanha; Grand Theatre – Groningen/Holanda; ProAC – Governo do Estado de São Paulo; Fomento ao Teatro – Prefeitura Municipal de São Paulo. Idealização: Cia. Hiato e Elephante Produções Artísticas.

Cachorro Morto (2008)

Temporada: de 22 a 24 de fevereiro, na sexta e no sábado, às 20h; e no domingo, às 19h.

Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada)

Classificação: 14 anos

Duração: 60 minutos

Capacidade: 380 lugares

Ficha Técnica

Livremente inspirado em “The Curious Incident of the Dog in the Night-time”, “Nascido num Dia Azul”, de Daniel Tammet e “A Música dos Números Primos”, de Marcus du Sautoy. Direção e Dramaturgia: Leonardo Moreira. Elenco: Aline Filócomo, Fernanda Stefanski, Luciana Paes, Mariah Amélia Farah, Thiago Amaral e Joaquim Lino. Concepção de Cenário: Leonardo Moreira. Iluminação: Marisa Bentivegna. Figurinos: Willy. Trilha Sonora: Gustavo Borrmann. Coordenação de produção/Gestão: Aura Cunha.

Escuro (desmontagem) – (2009/2018)

Temporada: de 22 a 24 de fevereiro, na sexta e no sábado, às 18h; e no domingo, às 17h.

Ingressos: grátis, distribuídos uma hora antes de cada sessão

Classificação: 16 anos

Duração: 60 minutos

Capacidade: 380 lugares

Ficha Técnica

Uma criação da Cia Hiato em parceira com a Cia. Simples de Teatro. Direção e Dramaturgia: Leonardo Moreira. Elenco: Aline Filócomo, André Blumenschein, Amanda Lyra, Daniela Duarte, Fernanda Stefanski, Flávia Melman, Luciana Paes, Mariah Amélia Farah, Otávio Dantas, Thiago Amaral. Cenário: Marisa Bentivegna e Leonardo Moreira. Assistente de Cenografia: Ayélen Gastaldi. Iluminação: Marisa Bentivegna. Figurinos: Theodoro Cochrane. Libras (Língua Brasileira de Sinais): Sônia Oliveira. Coordenação de projeto/ Gestão: Aura Cunha.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado