11 anos de história: João Signorelli volta a interpretar Gandhi em SP

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

 

O ator João Signorelli volta a interpretar Gandhiem SP. O monólogo tem 11 anos. Foto: divulgação
O ator João Signorelli volta a interpretar Gandhiem SP. O monólogo tem 11 anos. Foto: divulgação

O monólogo Gandhi, um líder servidor, visto por mais de 10 mil pessoas, no Brasil e exterior, faz  nova temporada no Teatro Ruth Escobar, a partir de domingo (9),  17h45. As sessões acontecem sempre aos domingos, numa temporada de três meses. Signorelli interpreta o líder pacifista indiano Mahatma Gandhi há onze anos e promove a reflexão sobre a não-violência. Miguel Filiage assina a autoria do monólogo.

A peça é baseada nos discursos de Mahatma Gandhi em prol da independência do povo indiano, que falam sobre liderança, conduta e princípios ético-filosóficos nas relações humanas.

No palco, Gandhi, um dos mais importantes ativistas dos direitos humanos do século XX, inicia mais um jejum para despertar a consciência dos líderes do ocidente e do oriente para a paz mundial.

O ator João Signorelli volta a interpretar Gandhiem SP. O monólogo tem 11 anos. Foto: divulgação
O ator João Signorelli volta a interpretar Gandhiem SP. O monólogo tem 11 anos. Foto: divulgação

O líder propõe, no formato de uma palestra, que os povos abandonem os pensamentos desequilibrados, os preconceitos e os sentimentos sombrios.

O espetáculo já foi levado a presídios, praças públicas, centros de recuperação de menores infratores, empresas e teatros de vários estados do país. Apresenta a trajetória do líder e fundamenta o seu conteúdo na integração, no cooperativismo e no amor  entre os homens.

Será a paz mundial, que tanto sonhou Gandhi é possível?

Sobre João Signorelli
Trabalha como ator há mais de 25 anos. Participou das inúmeras peças de teatro, como  Um Bonde Chamado Desejo, Diário de um Mago, As Mil e Uma Noites, , A Promessa e O Homem de la Mancha. No cinema atuou em Carandiru , , Garrincha, Boca de Ouro, Stelinha e Vai Trabalhar Vagabundo II. Na TV fez novelas e minisséries: Araguaia, Caminho das Índias, Amazônia, América, Grande Sertão: Veredas e Bebê a Bordo. Entre outros trabalhos.

 Ficha Técnica:

Monólogo com o ator João Signorelli 

Texto e direção: Miguel Filiage

Serviço:

Gandhi, um líder servidor

Teatro Ruth Escobar – Sala Miriam Muniz

Endereço: Rua dos Ingleses, 209 – Bela Vista

Telefone para informações: 11 3289-2358

Apresentações: de março a maio, aos domingos, às 17h45

Primeira apresentação: 09/03

Temporada até 25/05

Duração: 50 minutos

Capacidade: 70 lugares

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Possui acesso para deficiente

Serviço de Valet Parking (R$15,00)

Pagamentos: com cartão de crédito (Visa, Mastercard, Redeshop e Dinners), débito, dinheiro e cheque

Compras pelo site ingresso.com.br ou na bilheteria:

Horários de atendimento:

Quintas e Sextas das 14h às 21h30

Sábados das 10h às 23h

Domingos das 10h às 20h

Indicação de faixa etária:12 anos

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado