25 ANOS DA COMPANHIA RAZÕES INVERSAS: À CONVITE CIA DE BRASÍLIA PARTICIPA DE OCUPAÇÃO COM ESPETÁCULO QUE TRATA ABUSO SEXUAL

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

"Eros Impuros" traz pintor vítima de abuso sexual na infância. Monólogo tem quadro pintado ao vivo. Foto/crédito: divulgação
“Eros Impuros” traz pintor vítima de abuso sexual na infância. Monólogo tem quadro pintado ao vivo. Foto/crédito: divulgação

SÃO PAULO – Eros Impuro, obra que enfrenta o tema abuso sexual em menores a partir da história do pintor Andrei (interpretado pelo ator Jones de Abreu), fortemente maculado quando criança. O espetáculo, com texto e direção de Sérgio Maggio faz cinco apresentações na Funarte, em São Paulo. O projeto, do coletivo Criaturas Alaranjadas Cia de Teatro do Distrito Federal, é convidado da Razões Inversas, que faz Ocupação no espaço para celebrar os 25 anos da companhia.

Em cena, ele enlouquece sob testemunho do público, que se torna voyeur não só desse progressivo estado de paranoia quanto de criação, já que o personagem pinta um quadro em tempo real, no aqui e agora do teatro. Um a cada sessão.

Para a composição da personagem Andrei, o ator visitou um hospital psiquiátrico em Brasília. Conversou com pacientes vítimas de abuso sexual. De sua visita à clínica, Jones tirou muitas características de sua personagem – principalmente de uma mulher que desenvolveu neuroses por ter sido vítima de violência sexual cometida, quando era criança, pela mãe.

Eros Impuro traz um figurino de Maria Carmem inspirado na obra de Arthur Bispo do Rosário – um parangolé, espécie de manto usado pelo ator. O cenário de Carlos Chapéu reproduz uma tela em branco que vai sendo pintada à medida que a iluminação traça seu desenho. A trilha sonora do DJ Biondo inclui trechos de peças radiofônicas do ator e diretor francês Antonin Artaud. Também há o recurso da projeção de vídeos caseiros, retratando casais em relações sexuais.

Premiado com o Myriam Muniz 2012 e com o Fundo de Apoio à Cultura (FAC), por duas vezes (montagem e circulação nacional), o espetáculo passou por importantes festivais brasileiros a exemplo de Janeiro de Grandes Espetáculos (Recife 2013); Goiânia 2012, Arte e Estética BSB 2012 e o Festival Nacional de Vitória 2011, cruzando também as capitais Salvador, Belo Horizonte, Curitiba, Belém,João Pessoa e Fortaleza.

Duração: 60min I Classificação Indicativa: 18 anos

ficha técnica

Dramaturgia e direção: Sérgio Maggio

Atuação: Jones de Abreu

Produção executiva: Claudia Charmillot

Concepção de cenografia: Carlos Chapéu

Iluminação: Vinícius Ferreira e Juliana Drummond

Figurino: Maria Carmem

Provocadora cênica: Ana Paula Bouzas.

Assistente de direção: Selma Damasceno

Trilha sonora: DJ Biondo

Visagismo: João Angelini

Animação: Thiago Moisés

Ator em animação: Kael Studart

Fotografia: Claudia Ferrari e Sérgio Martins

Arte: Tiago Ianuck

Serviço:

Eros Impuro

Estreia em 16/09, quarta-feira, às 21h30

Temporada até 20/09 – Quarta a domingo – Quarta a sábado, às 21h30 e domingo, às 19h30

Funarte São Paulo – Sala Carlos Miranda Al. Nothmann, 1058 – Campos Elíseos, São Paulo CEP 01.216-001 – São Paulo, SP

Capacidade: 50 lugares

Ingressos para as apresentações:

Espetáculos Adultos:

R$ 20 inteiro e R$ 10 meia (Estudantes, idosos, professores da rede pública e deficientes)

Espetáculo Infantil: R$ 10 inteiro e R$ 5,00 meia (Estudantes, idosos, professores da rede pública e deficientes)

Próximo aos metrôs Santa Cecília e Marechal Deodoro

Estacionamento Conveniado uma quadra após Funarte esquina com Av. São João.

Assessoria de Imprensa:

Adriana Monteiro | Ofício das Letras

Marcela Braz I Ofício das Letras

(11) 3021-9297 | (11) 9 94817953 | (11) 3022-2783

adriana@oficiodasletras.com.br

www.oficiodasletras.com.br

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*