31ª edição do Prêmio Shell em São Paulo homenageia Jo Soares

Na última terça-Feira (19), São Paulo foi palco de mais um Prêmio Shell e nenhum espetáculo ou produção levou mais de um prêmio. Jo Soares foi homenageado e emocionou os presentes. Essa foi a segunda homenagem que o escritor, jornalista e dramaturgo recebeu neste ano. A primeira foi na semana passada, no Prêmio do Humor, idealizado por Porchat.

 

Confira os vencedores:

Dramaturgia –Marcos Damaceno por “Homem ao vento”

Direção -Zé Henrique de Paula por “Um panorama visto da ponte”

Ator –Gilberto Gawronski por “A ira de Narciso”

Atriz -Chris Couto por “A milionária”

Cenário –Marisa Bentivegna, Estúdio BijaRi e Guazzelli por “Os 3 mundos”

Figurino –Jorge Farjalla e Ana Castilho por “Senhora dos afogados”

Iluminação –Domingos Quintiliano por “Casa de Bonecas – Parte 2”

Música -Babaya Morais e Marco França por “Estado de Sítio”

Inovação -Cia Paideia de Teatro pela relevância de seu trabalho na formação de plateia com intercâmbios nacionais e internacionais.

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*