8ª edição do Fórum Internacional de Cidadania na Dança – FIC será transmitida na íntegra pelo Youtube até 25 de outubro



EM REDE – O Fórum Internacional de Cidadania na Dança – FIC idealizado pela bailarina Priscilla Yokoi realizado pelo Instituto Abammy está em sua oitava edição de forma online devido à pandemia. Até 25 de outubro, a íntegra da 8ª. edição está aberta a todos pelo seu canal do YouTube. Thiago Soares e Ingrid Silva são os destaques da edição e participam, respectivamente, de palestra sobre Manutenção de Carreira e Empreendedorismo e workshop de Ballet Clássico.

Neste período, o público poderá saber o que pensam e realizam os profissionais das diversas modalidades da dança. A extensa programação do Fórum, gratuito em sua totalidade, incluiu mostras, aulas, workshops, oficinas, palestras e conversas com profissionais de escolas de dança, independentes e integrantes de companhias. Gestão de carreira, empreendedorismo e expansão da carreira do professor no mercado atual da dança; marketing digital, consciência corporal, reflexões sobre o papel das escolas de dança enquanto indústrias criativas foram alguns dos temas tratados.

Mônica Tarragó e Jorge Andreatta apresentam o projeto social Paraisópolis para os interessados em trabalhos de inclusão social através da dança. Luca Masala destaca a formação do bailarino e o intercâmbio com escolas internacionais a partir da história de uma das mais importantes escolas da Europa “Princess Grace Academy” em Mônaco.

“A ideia do Fórum surgiu através de um grande desejo meu, de ajudar as pessoas da dança a terem acesso às políticas públicas, gestões de escolas de dança e tornar nossa profissão reconhecida em nosso país. O evento ocorreu somente em São Paulo, mas conseguiremos disponibilizar os conteúdos produzidos no Fórum para todos os estados no período entre 12 e 23 de outubro. ”, explica a bailarina Priscilla Yokoi idealizadora do evento.

Sobre o Instituto Abammy:

Associação beneficente de atendimento ao menor, as mulheres e idosos em situação de vulnerabilidade – Instituto ABAMMY – foi constituída em 1997 e desde então tem se dedicado ao atendimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social, pessoal e produtiva, a partir do anseio de vários profissionais e pessoas, vinculadas diretamente o Instituto ABAMMY e colaboradores atuantes nos diversos segmentos das artes e cultura, social, educacional, de políticas públicas voltadas ao empoderamento e desenvolvimento do ser humano. Suas ações foram pautadas pelo acolhimento, suporte psicossocial e educacional à crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, atuando mais fortemente nas regiões Norte, Sul e Centro de São Paulo, Diadema e Guarulhos, onde executou por algumas décadas, importante trabalho social e humano, podendo ser destacados o “Projeto Gerando Vidas”, o “Projeto Jovem Aprendiz”, o “Terapia Comunitária”, e o “Projeto Reviver”, entre outros programas e ações igualmente relevantes.

Conteúdo que será disponibilizado online pelo youtube. Acesse:
https://www.youtube.com/channel/UCQwVVBz8OBvCAPwGoraLApg

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!