A sofisticação músico-visual de Marisa Monte concretizada em Verdade Uma Ilusão

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Marisa Monte em "Verdade Uma Ilusão" - foto de Juliana Fernandes

SÃO PAULO – Falar da afinada, doce, rouca e aveludada voz de Marisa Monte, além de não acrescer novidade, é até lugar-comum. Entretanto, mais que os dotes naturais com os quais os deuses a consagraram, em sua nova turnê, Verdade Uma Ilusão, a sofisticação músico-visual é concretizada.

Até o dia 15 de julho, a casa de shows paulistana HSBC Brasil recebe a atual turnê da cantora e compositora que divulga o álbum O Que Você Quer Saber de Verdade, lançado no final do ano passado, cuja experiência sensorial proposta pelo trabalho atinge o campo audiovisual com intenso prazer: as canções – grande parte composições que divide com Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown – estão arranjadas com riqueza de detalhes sonoros, mesclando a elegância sonora dos instrumentos de corda – cello, violinos, viola, violões e guitarras – a inventivos recursos de percussão etc.; os vídeos – todos eles, segundo declara Marisa Monte ao final do espetáculo – inspirados em obras de artistas plásticos contemporâneos e que, graças a utilização de modernos equipamentos tecnológicos, conseguem estabelecer um diálogo entre som e imagem – verdadeiras peças de vídeo-arte – jamais notado em outros shows, e, completando esse interessante triângulo plurisensorial, a cristalina voz de Marisa Monte vestida com exuberância por Rita Murtinho.

Marisa Monte em "Verdade Uma Ilusão" - foto de Juliana Fernandes

Verdade Uma Ilusão é experiência sofisticada, feito a complexa rede de comunicação virtual, em que a sobreposição de camadas visuais e sonoras dão o tom plural do show.

Emocionante homenagem à Cássia Eller

Há mais de uma década, perdemos uma das grandes intérpretes da música, Cássia Eller, que deixou indeléveis marcas nas canções que gravou.

“Cássia é uma de minhas referências musicais, tenho saudades dela. Dizem que saudades não é um sentimento pela ausência da pessoa e sim de sua presença”, diz Marisa que evoca, com alta potencia emocional, Cássia Eller, ao cantar, pela primeira vez, ECT – composição de Nando Reis, Marisa Monte e Carlinhos Brown – eternizada por Cássia Eller.

Marisa Monte em "Verdade Uma Ilusão" - foto de Juliana Fernandes

VERDADE UMA ILUSÃO TOUR 2012/2013

FICHA TÉCNICA

Concepção: Marisa Monte

Direção: Leonardo NettoClaudio Torres

Direção de Arte: Batman Zavareze

Curadoria das obras de arte: Luisa Duarte

Cenografia: Marcelo Lipiani

Iluminação: Zeluis Joels

Figurinos: Rita Murtinho

Desenho Produção de Cenografia: Wagner Baldinato

Arranjos: Marisa Monte e banda

Realização: Monte Criação e Produção / WL Produções Artísticas

MÚSICOS:

Dadi: violões, guitarra e ukulele

Dengue: baixo

Lúcio Maia: Guitarras, violões e sitar

Pupillo: bateria e cocktail drums

Carlos Trilha: teclados, voz e programações

Pedro Mibielli: 1º violino e adaptação de arranjos para quarteto

Glauco Fernandes: violino

Bernardo Fantini: viola

Marcus Ribeiro: cello

Produção Executiva: Suely Aguiar

Produção de Arte: Carolina Santana

Pré – Produção: Tereza Durante

Produção: Cintia CarvalhoMariana Beltrão

Direção de Palco: Márcio Barros

Assistente de Direção: Renata Stavalle

Coordenação de Conteúdos: 27+1 Comunicação Visual

Edição: Pablo Ribeiro

Assistente edição: João Oliveira

Programação: Emotique

Motion Design: Bold°

Design: Billy BaconLeonardo Eyer

Coordenação de Design: Nicolau MelloRafael Escobar

Animação: Casy MenezesCristiano MaiaMarcelo Antônio

Técnico de Monitor: Alexandre Saieg

Técnico de PA: Pedja

PROJEÇÕES: OBRAS E ARTISTAS POR MÚSICA

  • High Definition (2010), de Luiz Zerbini, em Descalço no Parque
  • Miravento (2007), de Alexandre Brandão, em Arrepio
  • Inventário das Pequenas Mortes – Sopro (2000), de Cao GuimarãesRivaneNeuenschwander, em Ilusion
  • Dream Sequence I, de Janaina Tschäpe, com caligrafia de Arnaldo Antunes, em Depois
  • Amarésimples Amarécomplexo (2011), de Marcos Chaves, em Amar Alguém
  • Organograma (2012), de José Damasceno, em Diariamente
  • Manuscritos (2011), de Mana Bernardes, em ECT
  • Ão (1980), de Tunga, em De Mais Ninguém
  • Herança (2007) / Cúmplice Secreto (2008), de Thiago Rocha Pitta, em Ainda Bem
  • Glossário Para Viver Nas Cidades (2008), de Marilá Dardot, em Gentileza
  • Hypinosis (2001), de Cao Guimarães, em Tema de Amor
  • Tentativa de Levar Uma Boia Rosa Até o Horizonte (2009), de Guilherme Peters, em O Que Se Quer
  • 4000 Disparos (2010), de Jonathas de Andrade, em Não Vá Embora
  • O Mundo Bate do Outro Lado da Minha Porta (2005), de Ticiano Monteiro, em Hoje Eu Não Saio, Não

REPERTÓRIO: TÍTULOS E AUTORES

  • Blanco (MM / Octavio Paz / Haroldo de Campos) – vinheta – álbum:Barulhinho Bom, 1996
  • O Que Você Quer Saber de Verdade (MM / Carlinhos Brown / Arnaldo Antunes) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • Descalço no Parque (Jorge Benjor)
  • Arrepio (Carlinhos Brown) – álbum: Barulhinho Bom, 1996
  • Illusion (Julieta Venegas / MM / Arnaldo Antunes)
  • Depois (Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / MM) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • Amar Alguém (Arnaldo Antunes / Dadi / MM) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • Diariamente (Nando Reis) – álbum: Mais, 1991
  • Infinito Particular (Arnaldo Antunes / MM / Carlinhos Brown) – álbum:Infinito Particular, 2006
  • ECT (Nando Reis / MM / Carlinhos Brown)
  • De Mais Ninguém (MM / Arnaldo Antunes) – álbum: Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão, 1994
  • Beija Eu (MM / Arnaldo Antunes / Arto Lindsay) – álbum: Mais, 1991
  • Eu Sei (MM) – álbum: Mais, 1991
  • Sono Como Tu Mi Vuoi (Antonio Amurri / Bruno Canfora / Maurizio Jurgens)
  • Ainda Bem (MM / Arnaldo Antunes) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • Verdade Uma Ilusão (Carlinhos Brown / Arnaldo Antunes / MM) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • A Sua (MM) – 2001
  • O Que Se Quer (MM / Rodrigo Amarante) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011
  • Gentileza (MM) – álbum: Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, 2000
  • Tema de Amor (Carlinhos Brown / MM) – álbum: Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, 2000
  • Não Vá Embora (MM / Arnaldo Antunes) – álbum: Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, 2000

Bis

  • Amor I Love You (Carlinhos Brown / MM) – álbum: Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, 2000
  • Velha Infância (Davi Moraes / MM / Pedro Baby / Carlinhos Brown / Arnaldo Antunes) – álbum: Tribalistas, 2001
  • Hoje Eu Não Saio, Não (Arnaldo Antunes / Marcelo Jeneci / Betão / Chico Salem) – álbum: O Que Você Quer Saber de Verdade, 2011

Serviço:

SÃO PAULO

Até 15 de julho

Quintas, às 21h30; sextas e sábados, às 22h; domingos, às 20h

Local: HSBC Brasil

Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio

Informações e compra de ingressos:

# BILHETERIAS HSBC BRASIL – Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio.

(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 12h às 22h e domingos e feriados, das 12h

às 20h)

# COMPRA POR TELEFONE – Ingresso Rápido – Tel: 4003-1212

(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 22h)

(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

# COMPRA PELA INTERNET (www.hsbcbrasil.com.brwww.ingressorapido.com.br)

(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

#  PONTOS DE VENDA CAPITAL, INTERIOR E OUTROS ESTADOS

Consultar www.ingressorapido.com.br

Taxa de Compra através da Ingresso Rápido

Compra em ponto-de-venda: 15% do valor do ingresso

Entrega em domicílio Grande São Paulo: R$ 15,00

Entrega em domicílio São Paulo Capital: R$ 10,00

Retirada na bilheteria: R$ 5,00

Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda da Ingresso Rápido. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.

BILHETERIA

Camarote A                         R$ 320,00

Camarote B                         R$ 300,00

Camarote C                         R$ 280,00

Frisa                                      R$ 300,00

Cadeira Alta                        R$ 120,00

Setor Vip                              R$ 320,00

Setor 01                                R$ 300,00

Setor 02                                R$ 280,00

Setor 03                                R$ 260,00

Setor 04                                R$ 240,00

* Clientes HSBC tem 25% de desconto. O limite é de 04 ingressos por pessoa e a promoção

não é cumulativa com outros descontos.

Capacidade: 1.800 lugares

Classificação etária: 14 anos (desacompanhados). Menores dessa idade somente acompanhados dos pais ou responsáveis.

Duração: 90 minutos

Abertura da Casa: 2h antes do espetáculo

Estacionamento: Hot Valet (com manobrista) – R$ 25,00 (antecipado – adquirido junto com o

ingresso) e R$ 30,00 (na hora)

Aceitam-se dinheiro e cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard, Credicard e Diners)

Não se aceitam cheques

Acesso para deficientes físicos

Ar condicionado

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.