Abaixo o preconceito

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Bom dia, Baltimore!
Bom dia, Baltimore!

Hairspray, escrito por Mark O’Donnell e Thomas Meehan, sem dúvida não é o primeiro musical americano a tratar de preconceitos, buscando sua extinção. No entanto é o mais alegre e jovial. Certamente porque seus personagens são jovens e liberais que a princípio afrontariam o espectador com alguma prevenção contra negros e contra mulheres gordas. Como seria bom se fosse uma guerra ganha. Nesse aspecto, o que nos diferencia dos americanos, é só o constrangimento de demonstrar os preconceitos enraizados no fundo do nosso ser, e que eles assumem sem muito escrúpulo.

Mas falando de teatro, a peça tem uma versão brasileira e é dirigida pelo Miguel Falabella. Isso não é suficiente para ir ao Teatro Bradesco no Shopping Bourbon?

HAIRSPRAY em cartaz no Teatro Bradesco
HAIRSPRAY em cartaz no Teatro Bradesco

A cenografia assinada por aqui é do experiente Renato Scripilitti os figurinos são de Marcelo Pies, tudo de extremo bom gosto e adequação. O elenco de apoio – mais de 20 atores – os quais cantam e dançam com perfeita sincronia e ritmo, uma coreografia de Jeff Whiting e Fernanda Chamma, tudo destacado pela iluminação, como sempre maravilhosa, de Maneco Quinderé.

As músicas de Marc Shaiman são interpretadas por orquestra sob regência de José Luiz Ribalta e são todas alegres, muito ritmadas e juvenis, e sendo assim, agradam menos à platéia mais idosa, segundo me pareceu. Mas é um senão pouco relevante, considerando as maravilhosas interpretações de Edson Celulari (em papel feminino), de Simone Gutierrez como a atriz gordinha, de Arlete Sales, e das outras intérpretes loiras, assim como do galã Jonatas Faro.

O espetáculo está em cartaz às quintas (21h), sextas (21h30). Sábados (17h e 21h30) e domingos (18h).

Se você gosta de bons musicais, não perca.

Elenco:

Edson Celulari é Edna Turnblad

Simone Gutierrez é Tracy Turnblad

Arlete Salles é Velma von Tuslle

Danielle Winits é Amber von Tuslle

Jonatas Faro é Link Larkin

Frederico Reuter é Corny Collins

Heloisa de Palma é Penny Pingleton

Edgar Bustamante é Wilbur Turnblad

Graça Cunha é Motormouth Maybelle

Ivana Domenico é Prudy Pingleton, Professora de ginástica e a Carcereira

Tiago Abravanel é Sr, Spritzer, Sr.Pinky e o Guarda da Penitenciária feminina

Jeniffer Nascimento é Pequena Ines

Corina Sabbas, Karin Hils e Maria Bia Martins são as Dinamites

Ensemble:

Alice Reis

Bené Monteiro

Dani Calicchio

Danilo Barbieri

Danilo Morais

Gabriel Malo

Gabriela Petry

Julio Mancini

Karin Malka

Kassius Trindade

Luana Bichiqui

Marcelo Vasquez

Murilo Armacollo

Renata Brás

Rodrigo Negrini

Sandro Sabbas

Orquestra:

Direção Musical e Regência – Felipe Senna

Assistente de Direção Musical e Regência – Carlos Bauzys

Adaptação da Música e Orquestração Original – Felipe Senna

Músicos:

Paula Faour – Teclado II

Ecerson Moraes – Trombone

Kiko Andreolli – Baterista

Lucas Bojikian – Teclado I

Maico Lopes – Trompete

Marcelo Manfra – Sax alto / Tenor/ Flauta e Clarinete (Palheta II)

Paulinho Pupo – Sax alto / Tenor/ Baritono e Clarinete (Palheta I)

Pedro Milman – Piano

Tiago do Espitito Santo – Baixo

Vinicius Gomes – Guitarra

Ficha Técnica:

Book – Mark O´Donnell e Thomas Meehan

Músicas – Marc Shaiman

Letras – Scott Wittman e Marc Shaiman

Versão brasileira e direção – Miguel Falabella

Direção musical Felipe Senna

Coreógrafo – Jeff Whiting

Coreógrafa associada – Fernanda Chamma

Desenho de Luz – Maneco Quinderé

Desenho de Som – Tocko Michelazzo

Cenógrafo – Renato Scripilitti

Figurinista – Marcelo Pies

Serviço:

Como Comprar:

Bilheteria do Teatro Bradesco no Bourbon Shopping São Paulo (Rua Turiassu, 2100, piso Perdizes (3º.andar), tel. 11.3670.4141) e pelo www.ingressorapido.com.br – tel.: 11.4003.1212).

Sessões: Quinta, 21h00 / Sexta 21h30 / Sábado 17h00 e 21h30 / Domingo 18h00

Preços: de R$ 25,00 a R$ 170,00

* 25% desc. para clientes com cartão Bradesco e para clientes Zaffari com Bourbon card.

Lotação: 1.457 pessoas

Duração: 160’ com intervalo de 15’

Classificação etária: livre

Bilheteria: Dom a Qui, 12h às 20h / Sex e Sáb 12h as 22h00 – c.c.: Amex, Diners, MasterCard, Visa e Zaffari. Não aceita pagamento em cheque – em dias de espetáculo, a bilheteria fica aberta somente até o horário de início, com vendas exclusivas para o dia.

O Teatro Bradesco possui acesso para portadores de necessidades especiais, poltrona especial para obesos, ar condicionado, estacionamento coberto Bourbon Shopping com sistema Estapar, e Café em dois pisos.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*