Aderbal Freire Filho traz estréia Macbeth no Festival de Curitiba

Daniel Dantas - Foto: Emi Hoshi/clix.fot.br

Theo Alves*, especial para o Aplauso Brasil (theo@aplausobrasil.com)

Dirigida por Aderbal Freire Filho, Macbeth chega ao Festival de Curitiba. A peça, uma das mais intensas de William Shakespeare, é protagonizada pelos atores Daniel Dantas e Renata Sorrah. Para falar sobre o espetáculo, parte do elenco recebeu a imprensa em uma entrevista coletiva.

“O projeto começou comigo, a peça sempre aparece em minha vida de várias maneiras. Há dois anos, a Maria Siman soube do meu interesse em fazer Macbeth e viabilizou tudo. Ela tocou a produção e juntou a gente”, disse Daniel Dantas.

A complexidade dos textos de Shakespeare não foi empecilho para os atores de Macbeth. Imerso no universo do autor inglês desde a sua montagem de Hamlet, o diretor Aderbal Freire Filho já está acostumado com a atmosfera shakesperiana, o que facilitou o trabalho do elenco.

“Em Macbeth, você faz escolhas o tempo todo. O texto não tem rubrica, não especifica como o ator deve agir ou se portar em determinada cena. Para fazer Lady Macbeth, eu fiquei completamente aberta. É claro que li e vi muitas coisas sobre a história, mas me permiti descobrir o meu personagem”, falou Renata Sorrah.

Renata Sorrah - Foto: Emi Hoshi / clix.fot.br

Apesar de estar em final de temporada no Rio de Janeiro, a produção de Macbeth abriu uma exceção para vir ao Festival de Curitiba. Por ser um espetáculo grandioso, com uma estrutura física difícil de ser transportada, a peça ainda não tem previsão de sair em turnê pelo Brasil.

“Para circular pelo país, a peça precisa de patrocínio. São cerca de vinte pessoas trabalhando em Macbeth, contando elenco e equipe técnica. Por enquanto, temos planos de estrear uma temporada no Sesc, em São Paulo, em junho ou setembro. Além disso, avaliamos alguns convites para levar o espetáculo à outros estados”, explicou a diretora da produção Maria Siman.

Macbeth ainda traz no elenco os atores Camilo Bevilaqua, Thelmo Fernandes, Felipe Martins, Erom Cordeiro, Charles Fricks, Edgard Amorim, Andrea Dantas, Guilherme Siman, Ricardo Conti e Marcelo Flores. A tradução do texto de William Shakespeare é assinada por Aderbal Freire Filho e João Dantas. A peça se apresenta no Festival de Curitiba até amanhã, sempre às 20h30, no Teatro Guaíra.

*Theo Alves viajou a convite do Festival de Curitiba

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*