AGENDA: ESPETACULO “ABOIO” CHEGA AO SEU ULTIMO FIM DE SEMANA DA TEMPORADA COM INGRESSOS GRATUITOS

Cassiano Leonardo especial para o Aplauso Brasil (Cassiano@aplausobrasil.com.br)


abo_0961SÃO PAULO – Bois que nascem como fios de esperanças para uma humanidade. Fiandeiras que parem seus filhos meio bois e meio humanos. Num pasto verde e também terroso, cantigas e brincantes ali são apresentados. Bois que trabalham exaustivamente e bois que simplesmente sua função é manter-se parado para que a mais bela e suculenta carne seja preparada para á mesa.

O destino de todos: o abate
Dentro desse universo eis que surge de forma lúdica a Catirina e os Bois Bumbá, seu encanto e seu desejo pelas línguas são fervorosamente aguçados, línguas desconhecidas, línguas que são gritadas gradualmente são cortadas, abafadas e silenciadas. Sinos que anunciam sua manada. Saias que dançam suas alegrias. O nascimento, o batismo, a morte e a ressurreição são realizados pde forma poética e inusitada.

Com essa sinopse que a peça ABOIO promete emocionar no seu ÚLTIMO FINAL DE SEMANA desta temporada de 2meses com apresentações com casa cheia, ingressos esgotados e várias apresentações extras.

Ficha Técnica:

Direção: Eduardo Cesar
Dramaturgia: Eduardo Cesar, Wellington Campos e Turma VI.
Elenco: Bruno Felix, Cris Mota, Diego Pinheiro, Matheus Bortolatto, Matheus Scheneider, Mayane Andrade, Mel Farago, Thiago Silva, Vitor Silva.
Coregrafia: Wellington Campos
Aboios e Viola: Mário Cabral
Coordenação Pedagógica: Simone Carleto
Provocação práxica: Lúcia Kakazu, Rodrigo Morais Leite, Fernanda Peninciotti.
Fotografia: Marcos Campos e Turma V
Arte Gráfica: Aldrey Tarrataca
Iluminação: Fernanda Carvalho e Turma VI
Operação de luz: Tirza Araújo
Contra Regragem: Letícia Nuvem
Realização: Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos e Secretaria de Cultura de Guarulhos.
Textos utilizados: “Totonha”, Marcelino Freire; “Ornitorrinco” e “Porém”, Sergio Vaz; “Já deu”, As Despejadas; “Triste, louca ou má”, Francisco, El Hombre; “Catirina”, Papete; “O touro e o homem”, Câmara Cascudo; “Governados pelos mortos” e ““, Mia Couto; ”“, Eduardo Galeano; ”“, Luiza Romão; “Se”, Haroldo de Campos; “Da primeira vez em que me assassinaram”, Mário Quintana.

 

Espetáculo “ABOIO”
26, e 27 de Novembro
Horário:
sábados ás 20hs.
domingos ás 19hs.
Em caso de chuva o espetáculo será cancelado
Capacidade: 50 pessoas.
Classificação 16 anos.
Agora os ingressos são retirados via ONLINE gratuitamente
Reserve seu Ingresso através do link:
https://grabit.com.br/eventos/espetaculo-aboio-454976