Alberto Guzik morre na manhã deste sábado

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil

Alberto Guzik (1944-2010)

Acabo de receber uma triste notícia: o artista Alberto Guzik faleceu às dez horas da manhã deste sábado.

Figura ímpar na vida artística, foi um dos mais importantes críticos de teatro brasileiro, escrevendo quase três décadas para o Jornal da Tarde.

Esteve na comissão julgadora do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo, Molière, Mambembe, APCA, entre outros. Como escritor escreveu o premiado romance Risco de Vida, o livro (fabuloso) de contos O Que é Ser Rio e Correr, entre outros, as peças teatrais Dentro, Na Noite da Praça, entre muitas.

Escreveu prefácios, livros dirigidos ao meio teatral, artigos, enfim, uma trajetória profícua e fabulosa.

Suas últimas críticas escreveu no início das atividades deste site, depois voltou aos palcos, para cumprir sua derradeira missão, na verdade um retorno ao princípio, como ator da companhia Os Satyros.

Fecha-se o pano para ele, não poupo lágrimas.

SAIBA MAIS AQUI.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.