Após 15 anos, “Os Sete Afluentes do Rio Ota” volta no palco do SESC Pinheiros

SÃO PAULO – Os Sete Afluentes do Rio Ota é um épico teatral que propõe uma reflexão sobre os rumos e contradições da humanidade na última metade do século XX. A montagem brasileira foi um acontecimento teatral, atraindo mais de cem mil espectadores, deixando um rastro de encantamento por onde passou – Rio de Janeiro, São Paulo, São José do Rio Preto, Brasília e Curitiba. Não será diferente nessa nova e curtíssima temporada, em comemoração aos quinze anos de sua última apresentação.

O espetáculo envolve teatro, teatro de sombras, teatro No, dança, canto lírico, canto popular, mágica, cinema e se passa em diversas partes do mundo. Os idiomas falados são o português (que numa licença poética assume o lugar do inglês), o francês, o alemão e o japonês. Por isso, alguns trechos das apresentações do Rio Ota são legendados.

Como tantos trabalhos do canadense Robert Lepage, Os Sete Afluentes do Rio Ota é um projeto que define-se por um paradoxo. Foi um paradoxo que inspirou a peça: em sua primeira viagem a Hiroshima, Lepage esperava encontrar a devastação, mas ao invés disto, descobriu um lugar cheio de vitalidade e renascimento. Ficou tão impressionado, que decidiu criar uma produção que fizesse dessa situação inesperada, seu ponto de partida. Reuniu um grupo bastante criativo e os ensaios começaram na cidade de Quebec, no Canadá, em Janeiro de 1994. Lepage sabia que queria criar uma produção colaborativa, em que se juntassem diversos gêneros, um espetáculo que fosse além dos aspectos tradicionais da arte de representar.

“Quando assisti o espetáculo em 1996, tive a certeza de estar diante de uma experiência teatral sem precedentes. Pela primeira vez, o teatro transcendia o palco, suas limitações técnicas, para viajar no tempo, no espaço, e sublimar, como num toque de mágica, a autoridade da encenação teatral. Por isso ele chegava bem perto de nós. Ao atravessar os últimos cinquenta anos do Século XX, Os Sete Afluentes do Rio Ota nos revela, com toda poesia e delicadeza, nossa comovente insignificância mas também o nosso poder de resistência e reinvenção, diante dos descaminhos da humanidade ou das tragédias pessoais”, afirma Monique.

A partir dessa visão, nasceu a versão brasileira da obra de Lepage, que Monique conduziu com liberdade e invenção, num processo igualmente colaborativo com o elenco brasileiro. O mergulho de todos, aliada à mistura de linguagens, a alternância de tragédia com comédia e a força dos temas tratados, tornou essa montagem um momento especial na carreira de todos os envolvidos e um marco teatral no Brasil. “Nos formamos ali, foi a minha primeira direção teatral. E só tive coragem de levar adiante essa saga, porque Zé Celso Martinez Correa me convenceu de que eu já era uma encenadora, que eu havia “encenado” Jenipapo, meu único filme até então. E foi assim que eu entoava “Ação!” para iniciar o ensaio de cada cena do Rio Ota. Foi utilizando a linguagem do cinema que eu levantei o espetáculo.  Um trabalho que mais tarde o Rogério Sganzerla cunharia como “Cinema Vivo”, minha forma teatral. Foi emocionante. Tudo. E está sendo de novo”.

 

A peça está dividida em sete capítulos, que acontecem em diversas partes do mundo, em épocas distintas:

Capítulo 1 – FOTOGRAFIAS, Hiroshima, 1945

Capítulo 2 – JEFFREYS, Nova York, 1965

Capítulo 3 – PALAVRAS, Osaka, 1970

Capítulo 4 – UM CASAMENTO, Amsterdã, 1985

Capítulo 5 – O ESPELHO, Hiroshima, 1986 / Checoslováquia, 1943

Capítulo 6 – A ENTREVISTA, Hiroshima, 1995

Capítulo 7 – O TROVÃO, Hiroshima, 2000

Ficha Técnica

Texto Robert Lepage 

Direção e adaptação Monique Gardenberg 

Elenco

Bel Kowarick

Caco Ciocler

Chandelly Braz

Charly Braun

Giulia Gam

Helena Ignez

Jiddu Pinheiro

Johnny Massaro

Lorena da Silva 

Madalena Bernardes

Marjorie Estiano

Sergio Maciel

Silvia Lourenço 

Thierry Tremouroux

Cenário Hélio Eichbauer 

Figurino Marcelo Pies

Iluminação Maneco Quinderé

Trilha Sonora José Augusto Nogueira

Fotografias André Gardenberg 

Direção movimento Marcia Rubim

Assistente de Direção Arlindo Hartz

Reconstituição cenografia Luiz Henrique Sá, Carila Matzenbacher

Reconstituição figurino Sabrina Leal 

Produção Executiva Ciça Castro Neves 

Direção de Produção Clarice Philigret 

Assessoria Imprensa Morente Forte Comunicações

Assessoria Jurídica Olivieri Associados 

Produção Dueto 

Serviço

OS SETE AFLUENTES DO RIO OTA

 SESC PINHEIROS

 Espaço Cênico (1010 lugares)

Rua Paes Leme, 195

Informações: 3095.9400

Bilheteria: Terça a sábado, das 10h às 21h. Domingos e feriados, das 10h às 18h

Vendas online a partir das 12h00 no dia 15/10, terça-feira, no site do Sesc.

Nas bilheterias das Unidades a partir das 17h30, no dia 16/10, quarta-feira.

Ingressos à venda nas bilheterias em toda rede Sesc SP

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credencial plena do Sesc) e R$ 18 (não credenciados).Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m

  

Quinta a domingo das 18h (às 23h)

 Quarta, dia 27 de novembro, às 18h

 

Ingressos:

R$ 50

 R$ 25 (meia-entrada: estudante, servidor de escola pública, +60 anos, aposentado e pessoa com deficiência)

R$ 15 (credencial plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

Duração: 350 minutos (com intervalo de 20 minutos)

Recomendação: 14 anos

 

Curta Temporada:

De 25 de outubro até 01 de dezembro de 2019

 

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*