Artigo: Livro de Tatiana Belinky sobre fábula medieval ganha versão teatral

Maurício Mellone, para o www.favodomellone.com.br – parceiro do Aplauso Brasil

Crônicas de Cavaleiros e Dragões– O Tesouro dos Nibelungos é uma adaptação do livro da escritora, que retrata a saga do herói Siegfried. Produção voltada aos jovens, com ingressos gratuitos no Teatro SESI

Livro de Tatiana Belinky é adaptado para o teatro
Livro de Tatiana Belinky é adaptado para o teatro


SÃO PAULO – Escritora consagrada de literatura infanto-juvenil e vencedora do troféu Juca Pato 2012 como intelectual do ano, Tatiana Berlinky tem pela primeira vez uma obra adaptada aos palcos. Pelas mãos do dramaturgo Paulo Rogério Lopes, o livro A Saga de Siegfried – O Tesouro dos Nibelungos ganha versão teatral. Uma das fábulas medievais mais conhecidas — a trajetória do herói Siegfried, um jovem filho de reis que sai pelo mundo em busca de conquistas e aventuras — é o mote central da peça infanto-juvenil Crônicas de Cavaleiros e Dragões– O Tesouro dos Nibelungos, em cartaz no Teatro SESI até final de junho, com ingresso gratuito.

Sob direção de Kleber Montanheiro, que também assina a iluminação do espetáculo, a peça retrata a famosa epopeia germânica, escrita por volta do século 13 e ambientada em meados do século 4 d.C. O jovem Siegfried, entediado na corte, resolve ganhar o mundo e um de seus feitos mais grandiosos é matar um dragão.

Na luta, ficou todo banhado com o sangue da fera, o que lhe concedeu poderes; como recompensa, ganha um anel com feitiço e sua trajetória ganha grandes proporções, com lutas e conquistas de tesouros e amores.

“O desafio de transpor uma obra épica para uma linguagem de teatro jovem foi descobrir a poética a ser delineada. A escolha recaiu sobre a formação e jornada de Siegfried e sua ligação com o Tesouro dos Nibelungos. A proposta foi adotar uma estrutura narrativa próxima a uma novela policial: primeiro mostra-se o momento crítico do herói, vítima de traição, e a partir daí traça-se um fio narrativo que oscila entre o presente trágico e o passado, quando o jovem defronta-se com seres fantásticos, conquistando poderes e tesouros”, explica Paulo Rogério Lopes

Ensaio Geral - 'Crônicas de Cavaleiros e Dragões – O Tesouro dos Nibelungos' - 10.03.13 São Paulo, Brasil Fotos: Vivian Fernandez (11) 98141.5080 / 7873.9215 id 122*1816 vivi@vivianfernandez.com.br www.foto2008.wix.com/vivianfernandez
Ensaio Geral – ‘Crônicas de Cavaleiros e Dragões – O Tesouro dos Nibelungos’ – 10.03.13
São Paulo, Brasil
Fotos: Vivian Fernandez
(11) 98141.5080 / 7873.9215 id 122*1816
vivi@vivianfernandez.com.br
www.foto2008.wix.com/vivianfernandez

Desta forma, a história vai e volta no tempo, o que requer atenção do espectador. Para o diretor, a intenção da montagem foi também a de aproximar a fábula medieval da nossa cultura:

“A música, forte elemento do espetáculo, colabora para isto. Estamos nas Terras de Gelo, no reino de Worns ou em Xantem, mas a força da música é totalmente reconhecível, poderia ser uma festa de Maracatu ou um jogo de capoeira”, diz Kleber Montanheiro.

Crônicas de Cavaleiros e Dragões– O Tesouro dos Nibelungos encanta pela agilidade com que a história é contada e o rigor do tratamento cênico: iluminação, trilha sonora, cenário e figurinos contribuem para que a saga do herói medieval chegue de forma clara aos jovens do século XXI.

Fotos: Vivian Fernandez

Roteiro:
Crônicas de Cavaleiros e Dragões – O Tesouro dos Nibelungos. Texto: Tatiana Belinky. Ideia e pesquisa: Deborah Corrêa e Elder Fraga. Adaptação: Paulo Rogério Lopes. Direção e iluminação: Kleber Montanheiro. Direção de manipulação: Henrique Sitchin. Elenco: Ricardo Gelli, Natalia Quadros, Adriano Merlini, Luiza Torres, Rogério Brito, Niveo Diegues, Joaz Campos, Daniela Flor, Bruna Longo. Cenário e figurino: Carlos Colabone. Trilha sonora: Aline Meyer. Criação dos bonecos: Marcio Pontes. Assistência de direção: Heloisa Maria. Fotos: Vivian Fernandez. Preparação corporal e lutas: Daniela Flor e Bruna Longo. Realização: SESI-SP e D&E Produções Artísticas. 

Serviço:
Teatro do SESI-SP (456 lugares), Av. Paulista, 1.313, Metrô Trianon-Masp. Horários: quartas às 21h; sábados e domingos às 16h. Ingresso: gratuito. Agendamentos escolares e de grupos: de segunda a sexta, das 10h às 13h e das 14h às 17h, pelo telefone (11) 3146-7439. Duração: 75 minutos. Classificação: 12 anos. Temporada: até 30 de junho.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado