As múltiplas Nises de Mariana Terra

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG  (Michel@aplausbrasil.com)

"Nise da Silveira", com Mariana Terra. Foto - Jackeline Nigri

SÃO PAULO – Uma personagem monumental feito a Dra. Nise da Silveira, uma das primeiras brasileiras a se formar em medicina, cujo mergulho nas veredas do Inconsciente, inspiração do mestre C. G. Jung, levou-a a negar a terapia à base de eletro-choque e tratar seus “doentes” com pinturas que revelavam imagens de seus inconscientes, merecia a multiplicação de instrumentos interpretativos para dar conta dessa imensidão de Nises. Em Nise da Silveira – Senhora das Imagens, roteiro e direção de Daniel Lobo, cuja temporada acaba de ser prorrogada hoje, no Teatro Eva Herz, a atriz Mariana Terra alcança a estatura de sua personagem.

A entrada da plateia no pequeno e aconchegante teatro localizado dentro da livraria cultura já é um convite a esquecermos o tempo acelerado de nosso cotidiano em favor de um tempo sagrado, em que o acelerado ritmo diário dá pausa ao mergulho no profundo em nós.

Forma e conteúdo explodem na  medida exata exigida ao transpor um ser que, mesmo destacando-se de outros, tem inúmeras facetas. A teatralidade, o ritual, a cerimônia são palavras-chave que definem o  rico trabalho de Mariana  Terra. Feito artesã extremamente consciente dos instrumentais capazes de potencializar sua arte de intérprete, corpo e voz são utilizados com graciosa comunhão e vibrante consciência.

"Nise da Silveira". Com Mariana Terra. Foto - Jackeline Nigri

As coreografias de Ana Botafogo brotam da observação e potencialização do que Mariana oferece. A impressão é de organicidade.  Não destacamos o que é coreografado e o que é o simples fluir do movimento.

As modulações e diferentes tons de voz somam, ainda mais, riquezas à interpretação, caminho privilegiado pela sensível encenação-rito de Daniel Lobo.

Fartos são os predicados de Nise da Silveira – Senhora das Imagens, que contém uma impecável trilha sonora  assinada por João   Carlos Assis Brasil.

Ficha Técnica

Dramaturgia, concepção multimidia e direção: Daniel Lobo. Interpretação e co-dramaturgia: Mariana Terra. Coreografia: Ana Botafogo Trilha original: João Carlos Assis Brasil Participações de Carlos Vereza (como a voz de Carl Jung) e Ferreira Gullar, José Celso Martinez Corrêa, Ednaldo Lucena e Gilray Coutinho (em vídeo) Preparação vocal: Angela Herz Cenografia e figurino: Ronald Teixeira Desenho de luz: Djalma Amaral Percussão: Marco Lobo Ensaiadora: Inês Pedroza Edição: Personal Filme (Daniel Trindade) Realização: Essencial Companhia de Teatro.

Serviço

Nise da Silveira – Senhora das Imagens

Local: Teatro Eva Herz – Livraria Cultura | Conjunto Nacional – Avenida Paulista, 2.073 – Bela Vista – São Paulo/SP

Temporada: Até 27 de julho de 2012, Quintas e Sextas, às 21h

Fone bilheteria: 11 3170-4059 Site: www.teatroevaherz.com.brwww.ingresso.com

Capacidade: 168 lugares (Quatro espaços para cadeirantes) Duração: 1h30 min

Classificação: a partir de 16 anos

Ingresso: R$50,00. Meia-entrada para estudantes, idosos, professores da rede pública de ensino e portadores de necessidades especiais

Horário de atendimento da bilheteria: de Terça a sábado: das 14h às 21h e domingos: das 12h às 19h

Acesso para deficientes/Banheiro para deficientes/Ar condicionado/Aceita todos os cartões/Não aceita pagamento em cheque

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*