As Polacas – As Flores do Lodo estreia em São Paulo

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"As Polacas - Flores do Lodo", texto e direção de João das Neves

SÃO PAULO – A montagem As Polacas – As Flores do Lodo cumpriu temporada carioca no CCBB do Rio de Janeiro e entra em cartaz no SESC Ipiranga, em São Paulo. A estreia é neste sábado (11), às 21 horas. João das Neves assina o texto e a direção.

No palco, 13 atores contam a história de prostitutas judias e negras do Leste Europeu (polacas) que chegam ao Brasil fugindo da fome e da perseguição religiosa.  Em sua maioria, são aliciadas pela rede Zwi Migdal, de tráfico de mulheres e são obrigadas a se prostituirem.

Aqui no Brasil enfrentam o preconceito da comunidade judaica e das prostitutas locais. Para lutar contra a discriminação e promover a cultura e a religião judaica em nosso país, as polacas fundam uma associação e constroem um cemitério.

"As Polacas - Flores do Lodo", texto e direção de João das Neves

O projeto da atriz Luciana Mitikiewicz que, desde 2007, pesquisa sobre o assunto,  recupera momentos que não fazem parte da chamada ¨história oficial¨ e, para recriar o ambiente em que as polacas viviam no Brasil, o diretor João das Neves ambienta a ação na Praça Onze, berço do samba e da boemia que era povoada por negros, sobretudo ex-escravos, e recebeu a maior quantidade de imigrantes judeus  da capital fluminense.

As Polacas – As Flores do Lodo não é um musical, mas há inúmeras cenas em que as canções servem para representar as relações entre as polacas e as brasileiras. Alexandre Elias é o responsável pela trilha sonora original, que conta com samba, polca, maxixe e milonga.

Ficha técnica:

Texto e Direção – João das Neves.

Elenco – Alexandre Akerman, Beth Zalcman, Carla Soares, Eduardo Osorio, Érico Damineli, Felipe Habib, Iléa Ferraz, Lígia Tourinho, Luciana Mitkiewicz, Marina Elias, Rodrigo Cohen e Wilson Rabelo.

Direção Musical – Alexandre Elias.

Cenografia – Hélio Eichbauer.

Figurinos – Rodrigo Cohen.

Iluminação – Aurélio Di Simone.

Preparação Corporal – Angel Vianna e Marito Olsson-Forsberg.

Assessoria de Cultura Judaica – Frida Zalcman.

Preparação Vocal – Felipe Habib.

Projeções em Cena – Cris França e André Scucato.

Idealização – Luciana Mitkiewicz.

Realização e Produção – Bonecas Quebradas Produções Artísticas.

Serviço:

As Polacas – As Flores do Lodo

Estreia dia 11 de agosto, sábado, às 21 horas, no Teatro do SESC Ipiranga. SESC IPIRANGA – TEATRO – Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga. Informações – (11) 3340-2000. Acesso para deficientes físicos. Bilheteria – De terça a sexta das 12 às 21h30, sábado das 10 às 21h30 e domingo e feriado das 10 às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do SESC). Capacidade – 213 lugares.  Não há estacionamento. www.sescsp.org.br. Duração – 105 minutos. Não recomendado para menores de 16 anos. Temporada – Sábado às 21 horas e domingo às 18 horas. Ingressos – R$ 16,00; R$ 8,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, pessoas com mais de 60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) e R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes). Até 9 de setembro.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*