Até 2013 Mostra de Teatro do Projeto Ademar Guerra

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com.br)

“Ao Revés do Papel”, de São Carlos

COTIA- Muitos apontamentos podem ser feitos na edição 2012 da Mostra de Teatro do Projeto Ademar Guerra, mas a janela em que se pode ver o ambiente geral dos espetáculos e exercícios apresentados é a da pesquisa.

Particularmente é um prazer sem fim verificar que o curador do Projeto Ademar Guerra, o diretor Sérgio Ferrara, com total apoio do coordenador-geral do Projeto, Aldo Valentim, estimula que coletivos teatrais do interior do estado se empenhem em realizar pesquisas para aprimorar a linguagem teatral a que se dispõem.

Em 1995, Antunes Filho disse algo que provocou uma mudança radical em minha vida, “O conhecimento desata e liberta”, e sei que essa não é apenas uma frase de efeito, quando nos entregamos à pesquisa, à aquisição de conhecimento, nos alimentamos, abrimos canais de criatividades incontáveis. E esse é o legado do Projeto Ademar Guerra, instrumentalizar os grupos atendidos pelo programa.

É uma oportunidade única aos grupos em estar alinhado ao que notei como um dos pontos que une o teatro paulistano contemporâneo, quando  refletia sobre o tema de uma palestra que ministrei na SP Escola de Teatro: a pesquisa de linguagem.

LEIA TAMBÉM 

Em busca das máscaras sagradas

*Michel Fernandes viajou a convite do Projeto Ademar Guerra

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*