Blanche Neige encerra Temporada de Dança 2009 do Teatro Alfa

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michel@aplausobrasil.com)

<i>Ballet Preljocaj</i> dança <i>Blanche Neige</i>
Ballet Preljocaj dança Blanche Neige

 

Amantes das artes do corpo devem aplaudir de pé e com reverência à Temporada de Dança 2009 do Teatro Alfa pela excelência dos espetáculos apresentados esse ano, tanto os nacionais quanto os internacionais, que encerra com a apresentação de Blanche Neige, de Angelin Preljocaj, de sexta-feira (6) a domingo (8), integrando, também, a programação do Ano da França no Brasil.

Os 26 bailarinos que compõe a companhia francesa de dança, Ballet Prejlocaj, dançam nesse balé inspirado no conto Branca de Neve, dos Irmãos Grimm, com figurinos de Jean Paul Gautier, cenário de Thierrry Leproust e músicas de Gustav Maler, que estreou ano passado na Bienal de Dança de Lyon.

 “Eu tinha um grande desejo de contar uma história, oferecendo algo mágico e encantado. Sem dúvida buscando evitar o rotineiro. Segui a versão dos Irmãos Grimm com apenas algumas variações, baseadas nas minhas interpretações dos símbolos do conto. Bettelheim descreve o conto Branca de Neve como um édipo reverso. A madastra é sem dúvida a personagem central do conto. Por meio dela examinei a sua determinação narcisista de não desistir da sedução e de seu papel como mulher, ainda que isso signifique sacrificar sua enteada. A compreensão dos signos pertence aos adultos assim como às crianças:  é para todos; e é por isso que eu gosto dos contos de fadas”, diz Preljocaj.

 BlancheNeige1Angelin Preljocaj, coreógrafo francês de ascendência albanesa, criou a Compagnie Preljocaj, em 1984, estabelecendo sua sede no norte da França. Em 1989, a companhia é distinguida com o status de Centro Coreográfico Nacional de Champigny-sur-Marne e du Val de Marne. É o início de uma longa aventura.

Rapidamente, o trabalho de Preljocaj e de sua companhia atraem os iniciados e o mundo da dança. Fala-se muito de suas coreografias e o grande público também o descobre com inacreditável rapidez.

 É com Romeu e Julieta, em 1990, que seu trabalho alcança maior repercussão: sua releitura do balé emociona e o sucesso marca a feliz colaboração entre o coreógrafo e a estética de Enki Bilal desenhista e roteirista, fetiche do desenho animado francês, de renome internacional, que assina os cenários do espetáculo.

 Em 1996, a Companhia deixa o norte da França e instala-se no sul, em Aix-en-Provence. Artísticamente, adota a denominação de Ballet Prejlocaj.

Preljocaj criou Blanche Neige, um balé popular, um romântico moderno, de linguagem contemporânea – uma dança fluída, um rigor e uma energia nos movimentos que subjugam. Um conto de fadas com a bela música de Mahler, figurinos de Jean Paul Gaultier, cenários bem resolvidos e um excelente elenco. Um espetáculo grandioso.

  Assista a trechos de Blanche Neige

 

BALLET PRELJOCAJ – Ficha Técnica:

BLANCHE NEIGE

Coreografia para 26 bailarinos

Criação de 2008

Direção Artística e coreografia Angelin Preljocaj / Música Gustav Mahler / Música complementar 79 D / Figurinos Jean Paul Gaultier / Cenários Thierry Leproust / Iluminação Patrick Riou / Assistentes de iluminação  Cécile Giovansili e Sébastien Dué

 Bailarinos – Branca de Neve: Nagisa Shirai / Príncipe: Sergio Diaz / Rainha: Céline Galli / Rei: Sébastien Durand / Mãe: Gaëlle Chappaz / Gatos-Gárgulas: Emilie Lalande & Yurie Tsugawa / Corpo de baile: Sergio Amoros Aparicio, Virginie Caussin, Aurélien Charrier, Damien Chevron, Fabrizio Clemente, Baptiste Coissieu, Carlos Ferreira da Silva, Natacha Grimaud, Emma Gustafsson, Caroline Jaubert, Jean-Charles Jousni, Céline Marié, Lorena O’Neill, Fran Sanchez, Charlotte Siepiora, Patrizia Telleschi, Julien Thibault, Liam Warren, Nicolas Zemmour

 

Assistente de direção artística Youri Van den Bosch / Assistente ensaiador Claudia De Smet / Coreólogo Dany Lévêque / Consultor para acrobacias verticais Alexandre del Perugia / Execução do cenário Atelier Atento / Execução do figurino Les Ateliers du Costume

 Espetáculo criado em residência no Grand Théâtre de Provence, Aix-en-Provence

 Coprodução Biennale de la danse de Lyon / Conseil Général du Rhône, Théâtre National de Chaillot (Paris), Grand Théâtre de Provence (Aix-en-Provence), Staatsballet Berlin (Alemanha)

 

Agradecimento a Jean Paul Gaultier

 Coreografia premiada por Globes de Cristal 2009 

 O Ballet Preljocaj é subvencionado pelo Ministério Francês da Cultura e da Comunicação – DRAC PACA, região Provence-Alpes-Côte d’Azur, Departamento Bouches-du-Rhône, comunidade de Pays d’Aix e cidade de Aix-en-Provence. Recebe apoio do Groupe Partouche – Casino Municipal d’Aix-Thermal para o desenvolvimento de seus projetos e de CULTURESFRANCE – Ministère des Affaires étrangères para algumas turnês no exterior.

 Ballet Preljocaj faz parte do França BR 2009 – Ano da França no Brasil, Consulado Geral da França e CulturesFrance. Transportadora oficial: Air France. Transportadora nacional oficial: GOL Linhas Aéreas Inteligentes

 BALLET PRELJOCAJ em BLANCHE NEIGE no TEATRO ALFA – SERVIÇO

 De 6 a 8 de novembro de 2009 | sexta, 21h30 | sábado, 21h | domingo, 18h

 Preços: Setor I – R$ 150,00; Setor II – R$ 120,00; Setor III – R$ 80,00 e Setor IV – R$ 50,00

 local: Teatro Alfa (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – tel. 5693.4000)

 Lotação: 1110 lugares

 Duração: 1h50

 Classificação etária: 12 anos

 Estacionamento: Valet = R$ 20,00 – Self = R$ 12,00  

 Temporada de Dança Teatro Alfa 2009 tem o patrocínio do Banco Alfa.

 Apoios: Deutsche Bank, WestLB, Governo Federal – Ministério da Cultura, Prefeitura do Município de São Paulo

 

Site: www.teatroalfa.com.br

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.