Cacá Carvalho volta a ser O Homem Com a Flor na Boca

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Cacá Carvalho - "O Homem com a Flor na Boca" - crédito Lenise Pinheiro

Aquecendo os motores para representar o Brasil no Festival do Teatro Era, em Pontedera, na Itália, o ator Cacá Carvalho volta a apresentar o monólogo O Homem Com a Flor na Boca, de Luigi Pirandello. Sexta-feira (18), para convidados, e sábado (19), para o público em geral, o Teatro Casa Laboratório abre suas portas.

Dirigido pelo italiano Roberto Bacci, com quem criou o premiado A Poltrona Escura, o monólogo teve sua primeira estreia em 1990 quando, diz Cacá, se identificou com “os questionamentos sobre a condição humana característicos do dramaturgo italiano Luigi Pirandello”.

“Foi ali que travei conhecimento com a obra, porque uma coisa é quando você lê, outra é quando engole e vê como o texto se adequa ao seu corpo. Os questionamentos de Pirandello encontram grande eco em mim. Não é possível que o ser humano passe por aqui e não evolua em cultura adquirida e em relações estabelecidas”, declara Cacá.

O Homem Com a Flor na Boca traz uma personagem que observa a vida com outros olhos, consciente que a flor estranha que nasceu dentro da sua boca, mais do que lhe levar a vida, lhe dá a visão da vida.

O espetáculo dirigido pelo italiano Roberto Bacci é uma montagem em língua portuguesa, a partir da novela de Luigi Pirandello O Homem com a Flor na Boca. Originalmente escrito para dois atores, nesta montagem a dramaturgia de Stefano Geraci transformou o segundo personagem/ ouvinte no espectador. Isto não implica que a encenação feita por Bacci, seja de natureza “interativa”.

O espaço cênico criado por Márcio Medina parte da idéia de uma estação de trem e coloca os espectadores sentados em cadeiras avulsas como em uma sala de espera. É neste ambiente que Roberto Bacci trata da necessidade incontrolável deste homem falar a todo momento, para tudo e para todos, os detalhes que ele percebe na vida.

FICHA TÉCNICA

Com Cacá Carvalho

Direção Artística: Roberto Bacci

Tradução: Cacá Carvalho

Espaço Cênico: Márcio Medina

Luz: Fábio Retti

Produção Executiva: Lívia Gabriel

Realização: Casa Laboratório para as Artes do Teatro; Fondazione Pontedera Teatro

O Homem com a Flor na Boca

Dia 18 – Estreia para convidados

Temporada – De 18 de junho a 18 de julho

Casa Laboratório para as Artes do Teatro – Rua Conselheiro Brotero, 182 – Barra Funda

Telefone: (11) 3661-0068

Bilheteria: 1 hora de antecedência

Reservas através do e-mail –reservas@casalaboratorio.com.br

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (estudantes com carteirinha)

Forma de Pagamento – dinheiro ou cheque

Sexta e Sábado, às 21 horas

Domingo às 19 horas

Indicação de faixa etária – 16 anos

Duração – 90 minutos

Capacidade – 50 lugares

Acesso para deficientes físicos.

Não tem banheiro adaptado.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

6 Comentários
  1. bom o site, mas, no texto sobre a peça de pirandello, escrever “falar HÁ todo tempo”, com H não é possível, corrija urgentemente.
    Abraços

Leave a Reply

Seu email não será publicado