Cais ou Da Indiferença das Embarcações reestreia em temporada gratuita

CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES
CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO- Cais ou Da Indiferença das Embarcações fala da separação existente entre o discurso e as ações humanas e coloca uma questão: ¨Somos donos de nosso destino?¨Recebeu 19 indicações a prêmios e ganhou o Shell de melhor Autor; APCA de melhor Autor; Qualidade Brasil de Melhor Diretor e Prêmio Aplauso Brasil de Teatro de melhor dramaturgia. Com texto e direção de Kiko Marques, a montagem é uma realização da Velha Companhia, que traz para o palco aproximadamente 25 artistas, com destaque para o veterano ator convidado Walter Portella.Reestreia sexta (27), às 19h00, Oficina Cultural Oswald de Andrade.

O espetáculo é ambientado num mítico Cais, local de encontros e desencontros de uma família no decorrer dos tempos.

Em cena estão três gerações de uma família moradora da Ilha Grande, que são retratadas pelo ponto de vista do velho barco do local, Sargento Evilázio.

A história baseadas nas memórias de Kiko Marques, que  visitava a ilha nas férias escolares, se passa na virada de ano, momento em que os personagens Waldeci, seu filho Walcimar e seu neto Walciano têm a oportunidade de reverem as suas vidas.

ALEJANDRA SAMPAIO E MARCELO LAHAM EM CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES
ALEJANDRA SAMPAIO E MARCELO LAHAM EM CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES

No decorrer da trama, várias histórias se entrelaçam e as lembranças é que orientam o conteúdo das cenas, que não são cronológicas e mostram. O tempo respeita o movimento das ondas e a rotina pacata do lugar.

São moradores que estão aprisionados numa realidade opressora, na qual impera a mesquinhez e o egoísmo. Os sonhos são soterrados devido à impossibilidade de grandes mudanças num lugarejo sem muitas possibilidades de um futuro promissor.

Ficha Técnica

Texto e Direção: Kiko Marques

Com: Velha Companhia e o ator convidado Walter Portella

Elenco

Alejandra Sampaio

Kiko Marques

Marcelo Diaz

Marcelo Laham

Marcelo Marotti

Marco Aurélio Campos

Maurício de Barros

Patrícia Gordo

Rose de Oliveira

Tatiana de Marca

Virgínia Buckowski

Direção Musical e Trilha Original: UMANTO

Músicos: Tadeu Mallaman, Milena Gasparetti e André Marothy

Cenário e Figurino:Chris Aizner

Iluminação:Alessandra Domingues

Direção e Confecção de Bonecos:Grupo Sobrevento

Assistentes de Direção : Milena Gasparetti e Paula Ravache

Assistente Musical: Milena Gasparetti

Produtoras: Alejandra Sampaio, Patricia Gordo e Virgínia Buckowski

Assistentes Gerais: Paula Ravache e Verônica Sarno

Assistente de Produção: Valéria Arbex e Carolina Petrucci Rosa e Andrea Ravache

Estagiários: Erika Kou e Pedro Vicente

Produção Externa: Rosana Maris

Assessoria de Imprensa: Morente Forte http://www.morenteforte.com/

Documentarista: Nelson Rodrigues- Balangandã Filmes

Fotografias: Ligia Jardim e Maringas Maciel

Secretária: Cristiane Torres

 

 Serviço

Cais ou Da Indiferença das Embarcações

Oficina Cultural Oswald de Andrade  (50 lugares)

Rua Três Rios 363 – Bom Retiro

Telefone: (11) 3221-5558

Sextas, Sábados, Segundas e Terças às 19h

Ingressos gratuitos

(retirar 1 hora antes da apresentação)

Duração: 180 minutos (com intervalo de 15 minutos)

Recomendação: 14 anos

Curta Temporada:de 27 de junho até 11 de agosto

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado