Celebração de felicidade e voluntariado com João Carlos Martins ..,

Adriano de Oliveira, especial para o Aplauso Brasil (adriano@aplausobrasil.com)

O maestro João Carlos Martins

Amanhã, o Movimento Mais Feliz, em parceria com o projeto Mackenzie Voluntário, apresenta o concerto “Educação, Cidadania e Felicidade”, sob regência do maestro João Carlos Martins, no Campus Mackenzie, às 21 horas.

O espetáculo conta com a presença do tenor Jean William e a participação especial da bateria da Escola de Samba Vai-vai, que prometem impressionar o público com a mistura de música clássica e samba.

O evento tem como objetivo introduzir no Brasil a discussão acerca de felicidade como norteadora de políticas públicas. Isso, porque em março de 2011 o país sediará o 1º Fórum Mundial da Felicidade, com a participação de especialistas, estudiosos, políticos e personalidades internacionais. O concerto marca o lançamento de uma série de eventos que acontecem em 2011, com o objetivo de discutir a felicidade como norteadora de políticas públicas no Brasil

Segundo o idealizador do Movimento Mais Feliz, Mauro Motoryn, a iniciativa pretende, por meio da música, aquecer o debate para a inclusão da felicidade na Constituição. “O objetivo agora é fomentar a discussão em todos os setores da sociedade”, afirma Motoryn.

O maestro

Em 1982, João Carlos Martins é reconhecido internacionalmente por seu trabalho na música.  Sua vida já é tema de dois documentários vencedores de festivais internacionais. Possui uma carreira meteórica como pianista, com mais de mil apresentações no exterior. O maestro deixa como legado a gravação completa da obra de J.S.Bach para teclado. Considerado um de seus maiores intérpretes do século XX, apesar das inúmeras adversidades, ele acabou por abandonar o piano definitivamente no ano de 2003.

Em 2004, iniciou uma nova carreira aos 63 anos como maestro, transformando-se no músico clássico brasileiro mais requisitado pelo Brasil afora, seja com a sua Bachiana Filarmônica ou com a sua Bachiana Jovem.

O seu trabalho social de musicalização para crianças, ao lado da Fundação Bachiana, já é reconhecido não só no Brasil como também no exterior.

Sobre o Movimento Mais Feliz

O Mais Feliz é um movimento apartidário, não-governamental e não-assistencialista que reúne cinco pilares: conscientizar a população, mobilizar a sociedade, estimular a participação, capacitar multiplicadores e motivar as pessoas a se doarem.  A defesa da inclusão do “direito à busca da felicidade” na Constituição também é uma iniciativa do Movimento. Batizada de PEC da Felicidade, a proposta não só prevê a modificação do artigo 6º da Constituição, incluindo o “direito à busca da felicidade” como uma questão de Estado, como também estimula a criação de novo índice de desenvolvimento no Brasil.

SERVIÇO:

“Concerto pela Educação, Cidadania e Felicidade”

Data: 16 de outubro (Sábado)

Horário: às 21h

– Preços: R$ 180

– Local: Auditório Ruy Barbosa, campus Mackenzie – Rua Itambê, 135 – Higienópolis

– Pontos de Vendas: Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br e 4003-1212)

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.