Cia da Revista lança projeto para salvar teatro do grupo

EM REDE – Cia da Revista cria projeto para a manutenção do teatro, fechado durante a pandemia da Covid_19 e apoio à população de rua do seu entorno – Santa Cecília e Barra Funda.

O projeto criado pela Cia. da Revista vai manter o espaço com suas dívidas acumuladas nos primeiros meses de pandemia totalmente quitadas e prevê o apoio de mais 4 meses à frente. O teatro traz para o público a diversão, o entretenimento, mas também ajuda a pensar, a entender a si mesmo e o mundo que nos cerca. Os espetáculos, shows e exposições que recebemos no Espaço Cia. da Revista, sede do grupo, e as montagens da Cia. da Revista têm uma função social, além de entreter. Os ingressos são sempre a preços populares ou gratuitos, geramos mesas de debates, rodas de leituras, workshops e cursos.

Durante a existência desse projeto, serão doados e distribuídos 300 kits Higiene para a população carente do entorno do Espaço Cia. da Revista, que compreende os bairros de Santa Cecília e Barra Funda. Esses kits serão compostos por escova e pasta de dentes, álcool gel, sabonete, máscara, absorvente e outros itens.

O apoio ao projeto Sollar – projeto SOL nosso LAR pode ser dado pelo link:

https://benfeitoria.com/projetosolnossolar.

 

Leia o comunicado da Cia da Revista:

 

Juntos somos mais fortes.

EM REDE – Nesse momento em que vivemos, os espaços que trabalham com arte e cultura estão seriamente ameaçados. Existem alguns projetos que estão em curso para tentar salvar esses espaços, mas sabemos que infelizmente os processos burocráticos são longos. Nosso problema é aqui e agora.

Levamos vida e alegria para a cidade e não queremos que esse sorriso se apague. Estamos fechados desde o dia 15 de março e sem perspectivas para reabertura; nesse momento não temos nenhuma receita, que vinha da locação do espaço, bilheteria, projetos apoiados e/ou patrocinados.

Todo mundo que pode deve ficar em casa. Mas não podemos deixar de pensar que provavelmente iremos reabrir nossas portas somente em 2021, ou quando for seguro para os artistas e o público frequentador. Estamos agora numa luta para que o espaço Cia. da Revista que foi inaugurado há 6 anos possa vencer essa fase difícil.

Vai passar!

Resistir não é fácil e nesse momento precisamos da ajuda da sociedade. Você que ama teatro, cinema, cultura e sabe da importância da arte na vida das pessoas. Se não fosse a arte aliás, estaríamos em casa bem mais tristes e preocupados. A arte é o respiro que precisamos em momentos como esse.

Precisamos de contribuição financeira e de pessoas que nos ajude a chamar mais gente para essa luta.

 

Cia da Revista

A Cia. da Revista é formada pelos artistas Kleber Montanheiro, Natalia Quadros, Paulo Vasconcelos, Gabriel Hernandes, Lua Negrão e Rodrigo Oliveira.

O grupo nasceu em 1997 com a proposta de investigar o Teatro de Revista, gênero que chegou ao Brasil no século XIX e que, a partir da década de 1920, ganhou as características que inspiram o trabalho de pesquisa da Companhia: estrutura fragmentada que engloba diversos gêneros em um único espetáculo, olhar crítico e irreverente sobre seu tempo e a presença da música como importante elemento narrativo. Durante os 23 anos que esteve em ação, a Cia. da Revista montou importantes espetáculos na história do  teatro paulistano, como Ópera do Malandro, de Chico Buarque de Holanda, que estreou no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo e seguiu em temporada no Espaço Cia. da Revista, inaugurando a sede na al. Nothmann em 2014.

Em 2016, com o apoio do Proac Edital, a Cia. da Revista estreou o espetáculo “Um dez cem mil inimigos do povo”, uma criação dramatúrgica de Cássio Pires inspirada em “Um inimigo do Povo”, de Henrik Ibsen. Contemplada pelo prêmio Zé Renato, a peça cumpriu temporada popular e realizou apresentações gratuitas (com direito a transporte) para diferentes grupos periféricos da cidade de São Paulo.

O grupo foi contemplado com os prêmios FEMSA (categoria Melhor Atriz Coadjuvante em O Doente Imaginário, Sonho de uma Noite de Verão e A Odisséia de Arlequino; categoria Melhor Atriz em A Odisséia de Arlequino), APCA (melhor elenco, A Odisséia de Arlequino), FEMSA (melhor espetáculo, A Odisséia de Arlequino) e Cooperativa Paulista de Teatro (melhor espetáculo para es- paços não convencionais, A Odisséia de Arlequino). O diretor do grupo, Kleber Montanheiro, recebeu os prêmios APCA (Sonho de uma Noite de Verão) e FEMSA (A Odisséia de Arlequino), ambos como melhor diretor. Em 2012, foi indicada a dois prêmios Shell (Direção musical e dramaturgia) e dois prêmios Cooperativa Paulista de Teatro (Direção e direção musical) pelo espetáculo Cabeça de Papelão.

Espetáculos realizados

A Cor de Rosa – 1995 / 1999

Kabarett – 1999 – 2000

Caos 1-3 – 2006

MauDitas – 2006

Nem Aqui Nem Lá – 2006

O Doente Imaginário – 2007

Sonho de Uma Noite de Verão – 2008

A Odisséia de Arlequino – 2009

Kabarett (remontagem) – 2010 / 2011

Cada Qual no Seu Barril– 2011

Carnavalha – 2011

Cabeça de Papelão – 2012

Ópera do Malandro – 2014/2015

Um dez cem mil inimigos do povo – 2016

Ensaio Sobre a Lucidez – 2018/2019

Desbotou – 2019

 

O Espaço Cia. da Revista

O Espaço cia. da Revista está localizado na Al. Nothmann, 1135 – Santa Cecília – São Paulo, SP.

Em seus 400m2 conta com: palco (sala multiuso) com plateia móvel (99 lugares) em quatro arquibancadas com rodas e poltronas estofadas medindo no total da área cênica 14,00 x 14,00 m; 4 passarelas em torno de toda a área cênica para utilização artística a 3 metros do piso; 3 passarelas técnicas (urdimento) a 6 metros de altura do piso, totalizando 9 metros de pé direito; camarim com bancadas que recebe confortavelmente até 15 artistas por vez; área técnica para guarda de equipamentos; cozinha e dois banheiros no camarim; Hall com poltronas e mesas que recebe até 40 pessoas sentadas; cozinha e café, acervo de figurinos e ateliê de trabalho; escritório, bilheteria, e 4 banheiros para o público. O espaço está equipado com rampas de acesso para portadores de necessidades especiais, além de banheiro adaptado.

Além dos espetáculos e processos artísticos do grupo, o Espaço Cia. da Revista recebeu inúmeros shows, atividades formativas e espetáculos de teatro de outros grupos e produções, totalizando até março de 2020: 39 espetáculos, 49 shows, 04 exposições, 18 oficinas e atividades formativas, 20 leituras dramáticas, e 12 mesas de debate.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*