Cia Luna Lunera encerra temporada de Prazer em São Paulo

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)

"Prazer"
“Prazer”

SÃO PAULO – Prazer fica em cartaz no CCBB-SP até domingo (10), Sexta, às 20h, Sábado, às 17h e 20h e Domingo, às 19h. Depois da temporada paulistana, o grupo de Belo Horizonte segue para a capital paranaense para participar da Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba. Em abril inicia temporada de dois meses no CCBB-RJ (10/04 a 02/06) e depois na sede do CCBB de Brasília (07 a 30 de junho).

A peça, inspirada em fragmento do livro Uma aprendizagem ou o Livro dos Prazeres, de Clarice Lispector, oapresentra a trajetória de quatro amigos que tentam buscar alegria no cotidiano apaesar de todas as dificuldades.

Segundo Isabela Paes, atriz e codiretora do espetáculo, explica como a obra de Clarice está presente na emontagem: “Partimos para a leitura desta e de outras obras de Clarice, sem a pretensão de adaptar um de seus textos ou de construir uma encenação que traduzisse seu universo simbólico. Sua obra norteou o processo como fonte de inspiração e alimento poético”, diz Isabela.

 

A Cia Lunera realiza as encenações a partir da direção e dramaturgia compartilhada, isto é, todos os membros do grupo participam do processo de criação.

Para esse trabalho, a companhia também convidou outros profissionais da área para contribuir com os seus conhecimentos técnicos e estéticos, bem como propor reflexões e discussões.

Jô Bilac coordenou a criação dramatúrgica; Éder Santos colaborou na pesquisa e criação de videos; a atriz Roberta Carreri realizou um treinamento de presença cênica com os atores e o bailarino Mário Nascimento trabalhou movimentos corporais que aliam o teatro e a dança.

O público também pode acompanhar as produções do grupo. Através do Observatório da Criação a Cia Luna Lunera chama a comunidade para presenciar e participar do processo de criação

Sobre a Companhia:
Com 10 anos completados em 2011, a Cia. Luna Lunera, de Belo Horizonte/MG, tem investido em diversificados caminhos de criação, por meio de pesquisa continuada e diálogo com outros criadores contemporâneos.
Dentre os espetáculos do repertório do grupo, destaque para Perdoa-me por me traíres, de Nelson Rodrigues; Nesta Data Querida, dramaturgia de Guilherme Lessa; Cortiços, baseado na obra de Aluísio Azevedo e Aqueles Dois, da obra de Caio Fernando Abreu, com direção compartilhada da Cia., montagem que foi indicada para o Prêmio Shell 2008 em três categorias, recebendo o troféu de Melhor Iluminação.

Ficha técnica:
Concepção e dramaturgia: Cia. Luna Lunera
Atuação e codireção: Cláudio Dias, Isabela Paes, Marcelo Souza e Silva, Odilon Esteves.
Codireção: Zé Walter Albinati
Orientação dramatúrgica: Jô Bilac
Preparação Corporal: Mário Nascimento
Residência Artística: Roberta Carreri
Pesquisa em Artes Digitais: Éder Santos
Figurino: Marney Heitmann
Cenário: Ed Andrade
Iluminação: Felipe Cosse e Juliano Coelho
Programação Visual: 45 Jujubas
Registro videográfico: Léo Pinho
Fotografia: Adriano Bastos e Carlos Hauck
Assessoria de Imprensa SP: Brasil Expressa Comunicação
Assessoria de Comunicação: Luíza Glória
Coordenação de Produção: Cris Moreira
Produção: Cia. Luna Lunera (Belo Horizonte/MG)

Serviço:

Prazer
Centro Cultural Banco do Brasil, Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo. Informações: tel: (11) 3113-3651 / 3113-3652. Teatro (125 lugares). Horários: Sexta, às 20h, Sábado, às 17h e 20h e Domingo, às 19h. Ingressos: R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia). Bilheteria: terça a domingo, das 9h às 20h. Classificação etária: 16 anos. Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física.

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*