Cia. Razões Inversas discute formação das famílias no século 20 em peça no Centro Cultural de SP

SÃO PAULO – Com 27 anos de existência, a veterana Companhia Razões Inversas estreia seu novo trabalho, Caixa de Memórias, a partir do texto inédito de José Eduardo Vendramini, no Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho, no dia 22 de junho. Encenado por Marcio Aurelio, o espetáculo tem sessões às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos às 20h, 29 de Julho. O elenco é formado por Walter Bedra, Denise Del Vecchio, Paulo Marcello,Samanta Precioso, Gonzaga Pedrosa, Laís Marques e Carolina Fabri.

O texto trata da formação dos núcleos familiares na virada do século XX, responsáveis pela criação e montagem das cidades e de seus redutos com as diferentes células, que dão forma à figura do homem nostálgico brasileiro. São homens oriundos de diferentes pontos que trazem no peito uma dor à qual não sabem nomear: saudade é a argumentação da busca. Faz o elogio das raízes familiares profundas, que tanto norteiam as relações pessoais através do tempo quanto as problematizam. Nesse sentido, não haveria família que não fosse o resultado – aceito ou rejeitado – de grandes princípios genéticos, éticos e emocionais. Esta peça trata das heranças profundas – por vezes doloridas – que a Arte pode transformar em compartilhamento familiar e social.

O personagem principal é o tempo. A Caixa de Memórias é como uma câmera fotográfica que registra os que se vão, e também uma tumba, onde se processam as cerimônias rituais da deposição dos restos mortais dos familiares. O objetivo da encenação é tomar o texto como micro-organismo da peça para desenvolver e ampliar seu discurso interno, dando sustentação ao projeto poético do espetáculo.

SOBRE A CIA. RAZÕES INVERSAS

Considerada um dos principais grupos teatrais do Brasil, a Companhia Razões Inversas, com 27 anos de trajetória, tem seu trabalho reconhecido pela crítica e pelo público. Os espetáculos que desenvolve são pautados pela busca da excelência na cena, pelo desenvolvimento da linguagem teatral e pela comunicação com o público contemporâneo por meio de temas e assuntos que dialogam com ele. Alguns dos premiados trabalhos da trupe são AgresteA Ilusão CômicaAnatomia FrozenSenhorita Else.

SINOPSE

No início do Século XX, um jovem casal apaixonado dá início a um novo núcleo familiar. Além de hospedar e cuidar dos velhos ancestrais dos dois lados, o casal tem dois filhos e luta bravamente pelo progresso material, com sucessivas vitórias e posterior decadência. As perdas familiares (naturais no caso dos ancestrais) culminam com a viuvez da esposa, agora mãe de dois filhos adultos, uma moça e um rapaz. A saga familiar prossegue contando a história destas duas pessoas, até que, um dia, o pedido de documentação familiar feito por uma neta (que precisa viver no Exterior) traz à tona toda a longa trajetória familiar

FICHA TÉCNICA

Encenação: Marcio Aurelio

Texto: José Eduardo Vendramini

Elenco: Walter Breda, Denise Del Vecchio, Paulo Marcello, Samanta Precioso, Gonzaga Pedrosa, Laís Marques e Carolina Fabri

Cenários e figurinos: Marcio Aurelio

Iluminação: Ney Bonfante

Preparação corporal: Luciana Hoope

Trilha Sonora: Marcio Aurelio

Operação de Som: André Lemes

Foto: João Caldas Fº

Assistente de Encenação: Paulo Marcello

Assistente de Direção: Gonzaga Pedrosa

Assessoria de imprensa: Pombo Correio

Produção executiva: Luiz Alex Tasso

Direção de produção: Paulo Marcello

Realização: Cia Razões Inversas

SERVIÇO

CAIXA DE MEMÓRIAS, Texto de José Eduardo Vendramini, drama. No início do Século XX, um jovem casal apaixonado dá início a um novo núcleo familiar. Além de hospedar e cuidar dos velhos ancestrais dos dois lados, o casal tem dois filhos e luta bravamente pelo progresso material, com sucessivas vitórias e posterior decadência. As perdas familiares (naturais no caso dos ancestrais) culminam com a viuvez da esposa, agora mãe de dois filhos adultos, uma moça e um rapaz. A saga familiar prossegue contando a história destas duas pessoas, até que, um dia, o pedido de documentação familiar feito por uma neta (que precisa viver no Exterior) traz à tona toda a longa trajetória familiar Elenco: Walter Breda, Denise Del Vecchio, Paulo Marcello, Samanta Precioso, Gonzaga Pedrosa, Laís Marques e Carolina Fabri Encenação: Marcio Aurelio. Duração: 100min. Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho. Sex e Sab 21h dom 20h Ingresso: R$20,00 –  Gratuidade a pessoas com deficiência. Classificação 14 anos. Estreia 22/06

 

Caixa de Memórias, de José Eduardo Vendramini

Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho – Rua Vergueiro, 1000, Liberdade.

Temporada: de 22 de junho a 29 de Julho, às sextas-feiras e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 20h.

Duração: 100 minutos

Ingresso: R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada) e grátis para pessoas com deficiência.

Classificação 14 anos

Duração: 100 minutos

Gênero: drama

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*