CLÁSSICO DA COMÉDIA ESTREIA NO PORTO SEGURO COM TOQUE DE BRASILIDADE

 Redação do Aplauso Brasil (redação@aplausobrasil.com)

"Morte Acidental de um Anarquista". Foto/crédito: divulgação
“Morte Acidental de um Anarquista”. Foto/crédito: divulgação

 SÃO PAULO –  Baseado em fatos reais, a comédia mais famosa de Dario Fo, Prêmio Nobel de Literatura de 1997, estreia no Teatro Porto Seguro nesta quarta-feira (23). O espetáculo Morte Acidental de um Anarquista fará apresentações quartas e quintas-feiras. Com direção de Hugo Coelho, a peça tem como protogonista um “louco” interpretado pelo ator Dan Stulbach.

 O personagem do Louco (Dan Stulbach), vê o fato de representar um juiz o ponto alto de sua “carreira”, pois já se passou por médico cirurgião, psiquiatra, bispo e engenheiro naval, entre outros. Na delegacia, preso pelo Comissário (Fernando Sampaio) encontra os responsáveis pela investigação, o Delegado (Henrique Stroeter) e o Secretário de Segurança (Riba Carlovich). Depois a imprensa aparece, através da Jornalista (Maira Chasseraux). Todos, menos o Louco, inspirados em personagens reais.

Fo partiu de um caso verídico, o “suicídio” de um anarquista em Milão em dezembro de 1969. A versão brasileira, como outras feitas pelo mundo afora, traz para à cena nomes conhecidos do público e casos emblemáticos reais no intuito de conferir atualidade ao texto e causa identificação na plateia. O espetáculo conta, também, com músicas executadas ao vivo por Rodrigo Geribello.

A Morte Acidental de um Anarquista já fez apresentações em outras cidades antes da estreia em São Paulo. Uma delas foi Campinas, no interior do estado.

Um dos diferenciais que a montagem de Morte Acidental de um Anarquista pretende é trazer o público para a história logo no início. Por isso, o espetáculo começa com uma interação entre público e elenco. No qual os próprios atores ‘explicam’ a narrativa e as personagens, como fazia o próprio Fo.

MORTE ACIDENTAL DE UM ANARQUISTA

Teatro Porto Seguro (508 lugares)

Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elísios

Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto na compra de 1 ingresso + acompanhante. Formas de pagamento: Todos os cartões de crédito e débito.

Acessibilidade: 10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.

Estacionamento no local: Estapar R$ 20. Serviço de Vans: TRANSPORTE GRATUITO ESTAÇÃO LUZ – TEATRO PORTO SEGURO – ESTAÇÃO LUZ. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. COMO PEGAR: Na Estação Luz, na saída Praça da Luz/Rua José Paulino, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.

 

Vendas: www.ingressorapido.com.br e 4003.1212

 

Site: http://www.teatroportoseguro.com.br/

Facebook: facebook.com/teatroporto

Instagram: @teatroporto

 

Quarta e Quinta às 21h

 

Ingressos:

 

R$ 50 (Plateia) | R$ 40 (Balcão/Frisas)

 

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Estreia dia 23 de Setembro

Temporada: até 10 de dezembro

Ficha Técnica:

Texto: Dario Fo

Tradução: Roberta Barni

Dramaturgia e Direção: Hugo Coelho

Elenco: Dan Stulbach, Henrique Stroeter, Riba Carlovich,

Fernando Sampaio, Maíra Chasseraux e Rodrigo Bella Dona 

Música ao vivo: Rodrigo Geribello

Cenário: Marco Lima

Figurino: Fause Haten

Iluminação: Hugo Coelho

Assessoria de Imprensa Daniela Bustos e Beth Gallo – Morente Forte

Assistente: Thais Peres

Projeto Gráfico: Vicka Suarez

Foto de Estúdio: Heloísa Bortz

Fotos de Cena: João Caldas Fº

Estagiário de Direção: Rafael De Bona

Administração: Magali Morente Lopes

Produção Executiva: Katia Placiano

Coordenação de Projetos: Egberto Simões

Realização: Quadrilha da Arte

Produtores Associados: Selma Morente, Célia Forte e Dan Stulbach