Cláudia Jimenez e Miguel Falabella: a parceria que é sucesso

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Elenco de "Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!"

Dupla que coleciona sucessos, seja no teatro como na TV (Como Encher um Biquíni Selvagem, Sai de Baixo, A Vida Alheia,  entre outros), Cláudia Jimenez e Miguel Falabella já levaram mais de 40 mil espectadores na  temporada carioca de Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!, que desembarca em Sã Paulo, no Teatro Procópio Ferreira, nesta sexta-feira (18).

Ao lado do ator Ernani Moraes, que dá vida ao patriarca da família, a atriz Cláudia Jimenez interpreta Nalva, a matriarca, com 50 anos de idade e os típicos problemas familiares que encontramos na maioria dos lares: as pendengas econômicas que tiram o sono da classe média.

“Os argentinos e os brasileiros de classe-média enfrentam problemas financeiros semelhantes, embora, hoje, a crise brasileira esteja mais controlada, então a peça fala de problemas que vivemos”, adianta Miguel Fallabela, quem assina a direção e a adaptação do texto, o que, segundo a atriz Cláudia Jimenez, dá ao texto “maior brasilidade”.

Dentre os temas que surgem em Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!,  estão os típicos problemas sofridos pelos pais de filhos adolescente, além disso,  Nalva, a mae, tem um sogro      que planta maconha em casa e seu marido está desempregado.

“O interessante dessa personagem é que ela enfrenta todas as adversidades com bom humor”, diz Claudia Jimenez.

Segundo a atriz, a inspiração para conceber o papel é de berço: “Me inspirei muito em minha mãe, uma mulher de muito bom humor”, conclui.

A trama da peça é a versão teatral de Antônio Gasalla para a blognovela (a primeira do gênero vencedor do prêmio Deutsche Welle International, em 2005, como melhor blog do mundo) do escritor e jornalista argentino Hernán Casciari que criou uma família fictícia e contou, em capítulos, sua história.

Segundo Ernani Moraes,  a peca retrata “Uma família totalmente degradada nada melhor expor assuntos complicados de serem engolidos em um trama seria  do que tratar tais assuntos com humor’’.

Fabella considera o publico paulistano mais exigente

Em entrevista coletiva o ator, autor e diretor Miguel Falabella, quem assina a direção e adaptação de Mas Respeito Que Sou Sua Mãe!, disse perceber que o publico paulistano e mais atento aos detalhes da uma peca. “Ele fica atento ao acabamento do trabalho. Nesse ponto a exigência e maior’’.

Ficha Técnica:

Texto: HERNÁN CASCIARI

Versão Teatral de ANTÔNIO GASALLA

Adaptação e Direção: MIGUEL FALABELLA

Elenco:

CLÁUDIA JIMENEZ

ERNANI MORAES

FRANK BORGES

GABRIEL BORGES

SARA FREITAS

SÉFORA RANGEL

HENRIQUE CÉSAR

Cenografia: JOSÉ DIAS

Figurinos: SÔNIA SOARES

Iluminação: CARLOS LAFERT

Trilha Sonora: LEANDRO LAPAGESSE

Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!

Teatro Procópio Ferreira (670 lugares)

Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César

Informações: 3083-4475

Vendas: www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.

Reservas e grupos: (11) 3885-5056

Bilheteria: de terça à quinta, das 14h às 19h; de sexta a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Acesso a deficientes físicos, ar condicionado e entrega de ingressos a domicílio.

Estacionamento conveniado na Rua Augusta, 2.673 – R$ 10,00 (período de 4 horas. Retirada de selo do estacionamento na bilheteria).

Sexta e sábado, às 21h30. Domingo, às 19h.

Ingressos: Sexta R$ 70 / Sábado R$ 90 / Domingo R$ 80

Até 13 de março: desconto de 30% na compra de ingressos para a semana de estreia

Duração: 90 minutos

Classificação: 18 anos

Gênero: Comédia

Estreia dia 18 de março.

Temporada até 28 de agosto.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado