CLÁUDIA MAURO PROTAGONIZA COMÉDIA “EU E ELA”

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

EU E ELA
EU E ELA

SÃO PAULO – Primeira incursão do jornalista (Revista Época, jornal O Globo, autor dos livros  sobre Reynaldo Gianechinni, Bussunda e do romance – tornado sucesso cinematográfico – Meu Nome Não é Johnny, Guilherme Fiúza apresenta a comédia Eu e Ela, dirigida pelo talentoso Ernesto Picollo, no Teatro MuBE Nova Cultura, logo mais.

A protagonista, interpretada por Cláudia Mauro, é uma mulher de meia-idade como tantas que poderão se identificar ao assistir Eu e Ela: sozinha em seu apartamento espera um telefonema de seu marido, controla, pelo celular, sua filha adolescente, responde a e-mails de trabalho. E o que provavelmente será o fator mais será próximo a você: a repulsa pelas baratas, a Ela do título.

Mas engana-se quem pensa que o “inseto peçonhento” ganha contornos existenciais como em Kafka, por exemplo, trata-se, aqui, de um recurso que visa a diversão à partir do angustiante encontro entre as duas.

Não seria uma noite muito diferente de tantas outras não fosse a presença do inseto asqueroso que a encurrala em seu apartamento e ao longo da história a deixa histérica – trazendo à tona o fracasso de seu casamento, a insatisfação com o emprego e consigo mesma.

“Essa história, mais do que uma comédia rasgada, é uma crônica sobre a solidão feminina. A relação das mulheres com a barata sempre me chamou atenção. É mais do que nojo e medo, é quase um fetiche ao contrário. A peça não é cabeçuda, é prosaica. O simbolismo brota da banalidade. O teatro é poderoso para você arbitrar aquela situação limite e aprisionar toda a plateia naquela situação”, explica o autor Guilherme Fiuza.

 

O espetáculo conta, ainda, com a participação especial dos atores Renata Paschoal e Andre Dale que se desdobram em papeis divertidos como o porteiro “Seu Zé”, os policiais acionados para exterminar o inseto e até a presença física da própria barata.

 

“Conheço a Clô (Cláudia Mauro) desde a adolescência, mas incrivelmente nunca trabalhamos juntos. Esse é um desejo antigo que estamos realizando agora. Desde a primeira leitura vi que ela tinha o tom certo para a personagem. Vai da comédia ao drama rapidamente”, completa o diretor Ernesto Piccolo.

EU E ELA

MuBE Nova Cultural  (192 lugares)

Avenida Europa, 218. Entrada pela Rua Alemanha, 221

Informações: 4301.7521 / http://mubenovacultural.com.br
Abertura da casa: 2h antes do espetáculo
Formas de pagamento: dinheiro, cartões de debito e crédito Visa e Master
Estacionamento com manobrista: R$ 25

Vendas: (11) 4003.1212 e www.ingressorapido.com

 

Quarta e Quinta às 21h

Ingressos:

Quarta R$ 40 | Quinta R$ 50

 

Duração: 60 minutos

Classificação: 14 anos

Gênero: Comédia

 

Estreia dia 03 de Setembro

Curta Temporada: até 15 de Outubro

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.