Cleyde Yáconis e Denise Fraga juntas em cena, pela primeira vez

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Elas Não Gostam de Apanhar" faz três apresentações no Auditório Ibirapuera

SÃO PAULO – As atrizes trabalham juntas pela primeira vez em Ela Não Gosta de Apanhar, onde interpretam narradores e personagens de contos e crônicas de Nelson Rodrigues, cujo tema principal é a mulher. A direção é de Marco Antonio Braz e a temporada será entre hoje e domingo (29).

O evento conta com profissionais que já tiveram contato com a obra rodrigueana.  Braz, em mais de 20 anos de profissão, é especialista em Nelson e está em cartaz com os espetáculos A Falecida e Boca de Ouro, no SESI da Avenida Paulista.

Cleyde Yáconis vive o narrador. A atriz tem uma carreira pautada por diversas encenações de textos do autor. Toda Nudez Será Castigada, direção de Ziembinski, merece destaque.

Denise Fraga, que encenou somente Senhora dos Afogados, quando estudava teatro, tem experiência suficiente para interpretar os personagens.

"Elas Não Gostam de Apanhar" faz três apresentações no Auditório Ibirapuera

Elas Não Gostam de Apanhar é um recital que encerra a Ocupação Nelson Rodrigues, em cartaz até o dia 29 de julho no Itaú Cultural. O objetivo é trazer ao público paulistano criações menos conhecidas do autor e instigar as pessoas a lerem as suas obras, além de homenageá-lo no ano do seu centenário. Nelson Rodrigues nasceu em 23 de agosto de 1912, em Recife.

No palco, estão 10 textos rodriguianos, como diversos contos de A Vida Como Ela É e crônicas de Memórias e Confissões e O Reacionário. O título e o roteiro do espetáculo foram inspirados numa frase de Nelson Rodrigues:“Nem toda mulher gosta de apanhar, só as normais. As neuróticas reagem”.

Nelson Rodrigues está ao lado das atrizes através de fotos e vídeos.  Elas estão sentadas em poltronas, na frente de biombos que exibem as imagens do dramaturgo, numa alusão a uma entrevista que Nelson deu a Otto Lara Resende, em 1977.

Ocupação Nelson Rodrigues

Exposição, espetáculos e ciclo de debates, no Itaú Cultural e no Auditório Ibirapuera. A exposição está focada nas memórias e observações de Nelson sobre si mesmo.  Os temas abordados são Família, Jornal e Teatro. A curadoria é de Maria Lucia Rodrigues, filha de Nelson, e a cocuradoria é assinada por Sonia Muller, neta do dramaturgo.

Há também um hotsite da Ocupação com parte do material da exposição e conteúdo exclusivo (textos, fotos e entrevistas com personalidades que falam sobre o autor). www.itaucultural.org.br/ocupacao.

Depois de São Paulo, o evento segue para Recife, na Torre Malakoff, onde fica em cartaz de 23 de agosto a 21 de outubro.

SERVIÇO

Elas Não Gostam de Apanhar

De Marco Antônio Braz

Com Cleyde Yáconis e Denise Fraga

27 e 28 de julho (sexta-feira e sábado), às 21h

29 (domingo), às 19h

Classificação indicativa: 12 anos

Duração: 70 minutos

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Capacidade: 800 lugares

Auditório Ibirapuera

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera

(Entrada para carros pelo Portão 3)

Fone: 11.3629-1075

http://www.auditorioibirapuera.com.br/

Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.

Estacionamentos / Transporte:

Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$3,00 por duas

horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h

Horários da bilheteria

Terça a Quinta: das 11h às 18h

Sexta: das 11h às 22h

Sábado: das 9h às 22h

Domingo: das 9h às 20h

Ingresso em casa e pontos de venda: Tickets For Fun, pelo site http://www.ticketsforfun.com.br ou pelo telefone: 4003-5588

Ocupação Nelson Rodrigues

Itaú Cultural

Quinta 21 de junho a domingo 29 de julho

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1776/1777

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*