Clientes Renault tem pré-venda exclusiva para o 22º Festival de Teatro de Curitiba a partir desta quinta (31)

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com.br)

 

Armazém Cia de Teatro a
Armazém Cia de Teatro a

SÃO PAULO – A 22ª edição do Festival de Teatro de Curitiba vai de 26 de março ao dia 07 de abril, mas, a partir desta quinta-feira (31), os clientes da marca Renault, um dos patrocinadores do festival curitibano, terão venda exclusiva até o próximo dia 05 e, no dia seguinte, os ingressos para os 32 espetáculos que compõem a Mostra Oficial. Na outra ponta do patrocínio está o Banco Itaú, parceiro do FTC há 13 anos e que oferecerá a seus clientes 50% de desconto para a compra dos ingressos, sendo permitida a venda de quatro ingressos, por espetáculo, por cliente.

Finalista e
Finalista e

Segundo contou Leandro Knopfholz, diretor do FTC, os curadores do festival – Celso Curi, Lúcia Camargo e Tânia Brandão – privilegiaram “a utilização de novas tecnologias a serviço das encenações, a presença da música como linha condutora de muitos trabalhos, a fusão do teatro com outras artes, como dança, cinema e circo, e, ainda, o trabalho de grupos que trazem uma identidade cultural”.

 

A venda de ingressos para o Festival de Curitiba tem início no dia 6 de fevereiro. Entre os dias 1º e 5 de fevereiro haverá uma pré-venda especial para clientes Itaú e Renault. O público em geral poderá comprar pela internet (no www.festivaldecuritiba.com.br) e também nas bilheterias, localizadas em Curitiba nos Shoppings Mueller, ParkShopping Barigui e Palladium.

 

Os Clowns de Shakespeare,  do RN, trazem sua montagem de "Hamlet"
Os Clowns de Shakespeare, do RN, trazem sua montagem de “Hamlet”

Mostra

 

A Mostra, que começou em 1992, cumpre principalmente a função de projetar a diversidade da produção cênica nacional, mas também traz todos os anos algumas montagens internacionais, criando assim ainda mais campo para o diálogo entre artistas de todas as partes e proporcionando ao público a oportunidade de assistir ao que há de melhor nos palcos do Brasil e do mundo.

 

Destaques Música: Esse ano, a música é protagonista em vários espetáculos da Mostra – de ‘Gonzagão – A Lenda’ ao coreano ‘Pansori Brecht – Ukchuk-ga’, passando pela estreia ‘Parlapatões Revistam Angeli’ – ainda que não sejam musicais propriamente ditos. Novas tecnologias também ocupam lugar de destaque em montagens como ‘Homem Vertente’ – coprodução da Parnaxx com o grupo argentino Ojalá que abrirá o festival.

 

Destaque teatro autoral: Companhias estáveis de várias regiões do país, entre elas Armazém (RJ), Cia. Hiato (SP), Ateliê Voador (BA), Luna Lunera (MG) e Clowns de Shakespeare (RN) trazem espetáculos de assinatura autoral e ao todo serão dez estreias nacionais na Mostra, incluindo dois espetáculos estrangeiros que vêm pela primeira vez ao Brasil – ‘In the Dust’, da britânica 2Faced Dance Company, a atração coreana ‘Pansori Brecht-Ukchuk-ga e ‘Kiss and Cry’, da coreógrafa belga Michèle Anne de Mey.

 

Coproduções do Festival de Curitiba: Três produções serão montadas especialmente para o festival: a primeira delas, ‘Homem Vertente’, é o espetáculo de abertura e será feito em parceria com a companhia argentina Ojalá. Já ‘Parlapatões Revistam Angeli’ e ‘Cine Monstro versão 1.0’, foram possibilitadas graças à coprodução do Itaú Cultural e Festival de Curitiba.homem

 

The Pillowman e O Homem Travesseiro – duas versões: Outro destaque da Mostra é a proposta de duas montagens diferentes de uma mesma peça. O autor escolhido foi o britânico Martin McDonagh nas produções ‘The Pillowman’, com direção de Bruno Guida e Dagoberto Feliz (SP), e ‘O Homem Travesseiro’, dirigida por Bruce Gomlevsky (RJ), provocando o público a experimentar duas versões de um mesmo texto.

 

Entre os 370 espetáculos programados para a Mostra Paralela, Fringe, alguns núcleos de Curitiba, Belo Horizonte e Bahia têm mostras em conjunto.

Coletivo de Pequenos Conteúdos – A Companhia Transitória apresenta, dentro do Festival de Curitiba, a 5ª edição do Coletivo de Pequenos Conteúdos (CPC) – mostra de espetáculos de curta e média duração – que tem por objetivo criar um espaço de encontro, experimentação e discussão de artistas, companhias e grupos de teatro.

Mostra Novos Repertórios – Panorama da cena teatral curitibana, com suas mais recentes produções. Participam grupos como CiaSenhas, Pausa Companhia de Teatro, Teatro de Breque, Minha Nossa Companhia de Teatro e Súbita Companhia, além de um espetáculo cênico musical de André Abujamra.

Mostra Baiana – Uma seleção de espetáculos da cena contemporânea daquele estado, com organização da Funceb – Fundação Cultural do Estado da Bahia. A curadoria é de Wagner Moura.

Mostra Teatro Para Ver de Perto – Organizada pelo Galpão Cine Horto, reúne a nova produção de Minas Gerais.

Mostra Seu Nariz – Capitaneada pela Cia dos Palhaços, apresenta espetáculos de Clown e comédias. Tem ainda cursos e oficinas.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*