COMEÇAM AS APRESENTAÇÕES DOS NÚCLEOS DE PESQUISA DO ARMAZÉM XIX

COMEÇAM AS APRESENTAÇÕES DOS NÚCLEOS DE PESQUISA DO ARMAZÉM XIX

AMÉRICA VIZINHA
AMÉRICA VIZINHA

América Vizinha, espetáculo de um dos núcleos de pesquisa originados pelo trabalho que o Grupo XIX de Teatro desenvolve desde 2005 na Vila Maria  Zélia, faz suas últimas apresentação neste fim de semana.

O núcleo coordenado pela atriz Juliana Sanches teve como ponto de partida a obra O Século do Vento, de Eduardo Galeano. Os atores-criadores dessa montagem navegaram pelas histórias latinas do século passado, buscando aproximação com as raízes de países vizinhos ao Brasil.

O resultado é a criação de um povoado fictício, batizado de San Pueblo Exildo, que mistura o real e o fantástico, criando histórias baseadas nas guerras dessa região, bem como em personagens emblemáticos como Frida Kahlo, Che Guevara, Carlos Gardel, Evita Perón, Violeta Parra, Pablo Neruda, e tantos outros anônimos e célebres.

Sobre os Núcleos de Pesquisa

O Grupo XIX realiza esse trabalho desde 2005, buscando dar espaço para que não somente os seus artistas desenvolvessem projetos pessoais com liberdade, mas também para que outros atores e estudantes de artes cênicas tenham oportunidade de criar de maneira coletiva, rompendo com barreiras em um processo investigativo de linguagens. A partir desses núcleos, foram criados outros grupos de teatro, que continuam seu trabalho de maneira independente, como o Teatro da Travessia e o Teatro do Fubá.

América Vizinha – Dias 3, 4, 5, 9, 11 e 12 de outubro, às 19h30, com apresentação extra no dia 9, às 16h30.  Coordenação –Juliana Sanches. Assistência de direção – Tatiana Ribeiro.Cenário –  Maria Isabela e Michel Fogaça. Figurinos – criação coletiva. Produção – Vanessa Candela e Luisa Dalgalarrondo.Coreografias –  Michel Fogaça. Iluminação – Michel Fogaça.Contra-regra – Luciano Morgado. Atores-criadores – Amilton de Azevedo, Bruno Piva, Daniel Viana, Débora Ribeiro, Denise Sperandelli, Gabi Costa, Juan Manuel Tellategui, Luisa Dalgalarrondo, Maria Carolina Dressler, Maria Mota, Rosana Borges Silva, Tatiana Ribeiro, Thai Leão, Vanessa Candela, Vinicius Brasileiro. Indicado para maiores de 16 anos. Duração – 90 minutos. Capacidade – 70 lugares. GRÁTIS.

AS PEÇAS DOS NÚCLEOS DE PESQUISA VÃO ATÉ O  DIA 07 DE NOVEMBRO. clique aqui PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO COMPLETA.

ARMAZÉM XIX – Rua Mário Costa 13 (Entre as ruas Cachoeira e dos Prazeres) – Belém. Telefone – (11) 2081-4647 (atendimento de segunda a sexta-feira das 14 às 18 horas). Acesso para deficientes físicos. É necessário fazer reserva. Estacionamento gratuito.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado