Comédia escrita por Paulo Pontes estreia em São Paulo

Nanda Rovere, do Aplauso Brasil (nanda@aplausobrasil.com.br)

Um Edifício Chamado 200
Um Edifício Chamado 200

SÃO PAULO- Um Edifício Chamado 200 estreia no dia 10 de maio, às 21h30,  no MuBE. O  texto é de Paulo Pontes, autor conhecido por várias peças, entre elas, Gota d’Água, em parceria com Chico Buarque. O elenco é composto por Ben-Hur Prado, Adriana Londoño e Leiza Maria. O espetáculo conta ainda com a participação especial em off de Beto Hora. A direção é de Jerusa Franco. Flavio Costa assina o  cenário e figurinos. A trilha sonora é de Rael Gimenes.

A comédia foi encenada pela primeira vez na capital paulista, no início dos anos 70, com participação do ator Juca de

Um Edifício Chamado 200
Um Edifício Chamado 200

Oliveira. No Rio de Janeiro teve como protagonistas Milton Morais e Stenio Garcia.

A peça de teatro fez bastante sucesso e foi transformada em filme, dirigido por Carlos Imperial, em 1973. No elenco: Milton Moraes, Kate Lyra, Jece Valadão, Carlos Imperia, entre outros.

Esta nova versão, já passou por cidades como Campinas e Maringá e faz temporada em São Paulo até 23 de junho.

Um Edifício Chamado 200 apresenta o inusitado relacionamento entre Gamela (Ben-Hur Prado), a sua ex-amante Ana (Leiza Correa) e a sua esposa Karla (Adriana Londoño), romântica e que carrega o sonho de ser atriz.

Gamela e Karla residem num apartamento apertado e bagunçado. Juntos enfrentam dificuldades financeiras porque Gamela é um homem ocioso que passa os seus dias lendo horóscopos e apostando na loteria esportiva.

Karla não aguenta mais viver com preocupações e sem conforto, mas a chegada de Ana pode mudar essa situação. A miséria é tão grande que eles estão passando fome.

Ana precisa de um lugar para morar e pede hospedagem. Karla num primeiro momento não concorda, mas muda de opinião ao saber que a moça tem 50 contos.

A vida do casal pode melhorar, e muito, pois além desse dinheiro, um extraterrestre, Bororó, revela os resultados da Loteria Esportiva. A possibilidade dos protagonistas ficarem ricos é muito grande.

Gamela está deslumbrado com a expectativa de ganhar na loteria, mas fica desesperado ao descobrir que Karla e Ana, agora grandes amigas, gastaram o dinheiro que seria usado no jogo.

É uma montagem que visa a diversão, mas que também propõe reflexões sobre a sociedade em que vivemos, seus sonhos, necessidades e frustrações.

Sobre o Autor

O dramaturgo Paulo Pontes (1940 – 1976) sempre buscou trabalhar textos bem-humorados, satíricos. Buscava fazer graça e, ao mesmo tempo, tratar de assuntos importantes para a sociedade, realçando os conflitos, as dificuldades, as manias e o jeito de ser do homem brasileiro comum.

 

Em 1970, começa a escrever textos de dramaturgia, com o roteiro para um show sobre Dolores Duran, interpretado  por Paulo Gracindo e Clara Nunes: Brasileiro: Profissão Esperança.

Em 1971 vem seu primeiro grande e estrondoso sucesso nacional: Um Edifício Chamado 200. Na televisão, foi um dos autores da série A Grande Família, depois da morte de Vianinha.

Em 1975, recebeu o Prêmio Molière de Melhor Autor, em parceria com Chico Buarque, pelo drama e musical Gota d’Água.

Ficha Técnica

Texto: Paulo Pontes

Direção: Jerusa Franco

Elenco: Ben-Hur Prado, Adriana Londoño e Leiza Correa

Participação especial em off: Beto Hora

Cenário e Figurinos: Flavio Costa

Trilha Sonora: Rael Gimenes

Fotos: Joelma Handziuk

Criação Publicitária e Programação Visual: Sol Propaganda

Direção de arte: Leandro Henrique

Produção Executiva: Gerardo Franco

Realização: BEN-HUR PRODUÇÕES ARTÍSTICAS

 

Serviço

Um Edifício Chamado 200

Estreia:  dia 10 de maio, sexta-feira

Temporada: de 10 de maio a 23 de junho

Sessões as sextas-feiras, 21h30

Sábados: 21h

Domingos: 18h

Duração: 70 minutos

Recomendação: 12 anos

Capacidade: 192 lugares

Ingresso: sextas e domingos R$ 50,00 /meia R$25,00

Sábados: R$ 60,00 / meia R$ 30,00

Local: Teatro MuBe Nova Cultural

Rua Alemanha, 218  – Jardim Europa – SP

Telefone: (11) 4301-7521
Horário da bilheteria:

Terça a Quinta: 14h às 18h
Sexta: 14h às 21h30
Sábado: 14h às 21h00
Domingo: 14h às 19:00h
Ingressos também pelo call center: (11) 4062-0116 ou pelo site

Compreingressos.com

Serviço de Valet: R$ 25,00

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*