Confira a lista dos vencedores do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo 2011

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"O Jardim", da Cia. Hiato, vencedora em duas categorias

SÃO PAULO – Na noite da última terça-feira, os espetáculos que estrearam na temporada de 2011 receberam seus devidos destaques, conforme a comissão julgadora – formada por Alexandre Mate (professor e pesquisador teatral), Valmir Santos (jornalista),    Marici Salomão (autora teatral e jornalista), Mario Bolognesi (professor e pesquisador de teatro) e Noemi Marinho (atriz, dramaturga e diretora) – do Prêmio Shell de Teatro que revelou os vencedores do mesmo.

Autor: Leonardo Moreira por O Jardim.

Diretor: Nelson Baskerville por Luis Antonio – Gabriela

Atriz: Roberta Estrela D’Alva por Orfeu Mestiço – Uma Hip-Hópera Brasileira

Ator: Rodrigo Balzan por Oxigênio

Música: Gregory Silvar por Prometheus – A Tragédia do Fogo

Iluminação: Rodolfo Garcia Vázquez e Leonardo Moreira Sá por Cabaret Stravaganza

Figurino: Joana Porto por O Idiota – Uma Novela Teatral

Cenário: Marisa Bentivegna por O Jardim

Categoria Especial: Grupo TAPA pela defesa da política de repertório no projeto Repertório de Verão – Grupo TAPA e cia

A Grande homenageada da noite foi Mariângela Alves Lima – critica teatral de enorme importância para o teatro paulista.

Além do trabalho jornalístico escreveu vários livros e artigos sobre teatro.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.