CORRIGIDO: SAIBA QUEM VENCEU O 2º SEMESTRE PELO VOTO POPULAR

trofeu

 

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO – Conforme divulguei aqui, 13 das 15 categorias no segundo semestre do IV Prêmio Aplauso Brasil de Teatro entraram com os votos do primeiro semestre. Como o sistema das votações públicas não podem ser alterados, nem pelo administrador do site, subtraímos de cada oto os votos dados a cada um dos candidatos do primeiro semestre e, dessa contabilidade, chegamos ao resultado abaixo, agora, corrigido. Os outros dois finalistas serão conhecidos ainda na primeira semana de 2016.

MELHOR ILUMINAÇÃO – 2º SEMESTRE
MELHOR ARQUITETURA CÊNICA – 2º SEMESTRE
MELHOR FIGURINO – 2º SEMESTRE
MELHOR TRILHA ORIGINAL – 2º SEMESTRE
MELHOR DRAMATURGIA – 2º SEMESTRE
  •  
MELHOR DIRETOR – 2º SEMESTRE
MELHOR ELENCO – 2º SEMESTRE
  •  
MELHOR ATOR COADJUVANTE – 2º SEMESTRE
  •  Chico Carvalho por “A Tempestade”
    40% – ( 1596 votes ) -1191=405

     
  • Marcos Breda por “O Beijo no Asfalto”
    15% – ( 597 votes ) -164=433 – FINALISTA

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – 2º SEMESTRE
MELHOR ATOR – 2º SEMESTRE
MELHOR ATRIZ – 2º SEMESTRE
  •  
DESTAQUE – 2º SEMESTRE
  •  
MELHOR ESPETÁCULO DE GRUPO – 2º SEMESTRE
  •  
MELHOR ESPETÁCULO MUSICAL – 2º SEMESTRE
MELHOR ESPETÁCULO DE PRODUÇÃO INDEPENDENTE – 2º SEMESTRE
Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.