Crítica: Com certeza não será A Última Sessão como diz o título da peça

Maria Lúcia Candeias, doutora em teatro pela USP e Livre Docente pela UNICAMP – (redacao@aplausobrasil.com)

A ÚLTIMA SESSÃO 1 - DNGSÃO PAULO – Odilon Wagner, autor, ator e diretor de grande experiência teve a ideia genial de criar e montar Última Sessão, com elenco premiado, alguns como Laura Cardoso com uma boa coleção de títulos, inclusive internacionais e os outros nove, com coleções troféus nacionais. Todos com idade avançada e talentos indiscutíveis. Isso num país onde os funcionários públicos, para dar um exemplo, a partir dos 70 anos são aposentados compulsòriamente, ou seja, considerados incapazes de manter seu trabalho mesmo que quisessem. O texto é, portanto, atualíssimo e o sucesso que deverá manter junto ao público ainda não dá pra medir mas certamente será extremamente compensador do esforço.

Nada disso é comentado literalmente, pois trata-se de uma união para colocar a peça em cartaz que todos defendem com a competência fantástica de sempre.

Como todo o bloco de colegas que se conhecem por tantos anos, lá vem entre eles críticas e reclamações muito bem pescadas e a que todos têm acesso para ouvir e mesmo discutir.

A ÚLTIMA SESSÃO -foto de João Caldas
A ÚLTIMA SESSÃO -foto de João Caldas

Há cenas engraçadíssimas e típicas de grupos tão conhecidos mas que não vivem ligados.

Se você gosta de ótimo texto original, interpretado por esse time que poderia conquistar a copa teatral não perca seu tempo voe pra lá.

Como o público recebe um programa com os maiores sucessos conseguidos nesses anos vou apenas citar nomes do elenco e dos técnicos. Laura Cardoso (já mencionada) Nívea Maria, Etty Fraser, Sylvio Zilber, Miriam Mehler, Sonia Guedes, Gésio Amadeu, Yunes Chami. Gabriela Rabelo e Marlene Collé.

Os cenários simples mas super adequados  são de Chris Aizner e Milton Aizner, os excelentes figurinos levam a assinatura de Tica Bertani, a iluminação de Marisa Bentivegna, a seleção musical é de Zuza Homem de Mello todos orientando técnicos que apresentam acertos nota mil. Não percam e certamente não será a “Última Sessão” como imaginou o autor mas sem dúvida o primeiro grande acerto de outros futuros.

Roteiro:
A Última Sessão. Texto e direção: Odilon Wagner. Elenco: Laura Cardoso, Nívea Maria, Etty Fraser, Sonia Guedes, Sylvio Zilber, Miriam Mehler, Gésio Amadeu,Gabriela Rabelo, Yunes Chami e Marlene Collé. Cenografia: Chris Aizner. Figurino: Tica Bertani. Visagismo: Rosemary Paiva. Direção musical e arranjos: Swami Jr. Desenho de luz: Marisa Bentivegna. Direção de produção: Gabriel Paiva. Assistentes de Direção: André Acioli e Priscila Jorge.
Serviço: Teatro Shopping Frei Caneca (600 lugares), rua Frei Caneca, 569, 7º andar, tels (11) 3472-2229 3472-2230. Horários: quintas, às 16h, sextas e sábados, às 21h e domingos, às 18h. Ingressos: R$ 80.Bilheteria: de terça a domingo, das 13h até o início do espetáculo (no dia em que não houver espetáculo, até às 19h00). Vendas: (11) 4003.1212 / www.ingressorapido.com.br. Duração: 90 min. Classificação: 12 anos. Temporada: até 27 de abril.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado