CRÍTICA: EXTRA – HOMENS DRIBLAM CRISE DE DESEMPREGO FAZENDO STRIPTEASE

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

OU TUDO OU NADA, O MUSICAL
OU TUDO OU NADA, O MUSICAL

SÃO PAULO – Assim que se abrem as cortinas do simpático Theatro Net SP e começa a ser exibido no telão notícias sobre o aumento da taxa de desemprego, pensamos que Ou Tudo ou Nada, O Musical sofreu algum “abrasileiramento” pelo versionista (Arthur Xexéu) devido à crise e o assustador índice de desemprego que o país enfrenta, mas fica claro que não há intenção de localizar a ação da peça, há, inclusive um letreiro, ao final do vídeo, que diz que a história poderia se passar em qualquer lugar. O que mais interessa aqui não é exatamente o fato em que estão imersos, mas por outra, o como sair do mesmo. E o improvável toma a cena: homens comuns – sem corpos esculturais, sem aptidões para dança, de idades as mais variadas etc. – resolvem tirar a roupa para sair do atoleiro financeiro.

Terrence McNally soube transformar o filme de 1997, Ou Tudo ou Nada (The Full Monty), num espetáculo teatral dinâmico, divertido e, muito além do inusitado, um belo exemplar que fala de desejo de se transformar em alguém que dê certo, sem cair no piegas. E David Yazbek criou uma música melodiosa, agradável e muito interessante. Claro que a versão brasileira de Arthur Xexéo contribui para que nos empolguemos e nos divirtamos com cada música. E a música do strip-tease contagia tanto que é impossível sair incólume do musical.outudo

A direção (Tadeu Aguiar) e a coreografia (Alan Rezende) são tão discretas e incorporadas na ação que, apesar da justeza e qualidade com que caminham, se tornam invisíveis aos espectadores de tão incorporadas que estão ao espetáculo. A direção musical (Miguel Briamonte) e as intervenções da banda, além de expandir a comicidade da peça, cria um clima intimista com a plateia.

Os 17 atores que compõem o elenco (Mouhamed Harfouch, Patrícia França, Sylvia Massari, Saulo Rodrigues, André Dias, Carlos Arruza, Sergio Menezes, Victor Maia, Betina Viany, Kacau Gomes, Carol Futuro, Larissa Landin, Claire Nativel, Gabriel Peregrino, Felipe Niemeyer e Fabio Bianchini, Stela Celanuo, Pedro Henriques Motta e Xande Valois) desempenham seus papeis com verdade cênica impressionante. Mas é preciso destacar alguns nomes: Mouhamed Harfouch (Jerry), Saulo Rodrigues (Dave), André Dias (Malcolm), Victor Maia (Ethan), Xande Valois (Nathan), Patrícia França (Vicki), Kacau Gomes (Geórgia) e Sylvia Massari (Jeanette).

OU TUDO OU NADA, O MUSICAL
OU TUDO OU NADA, O MUSICAL

Por essas e outras você deve correr para o Theatro Net SP, porque a temporada acaba domingo (1º).

Ficha Técnica:

 

Autores: Terrence McNally (texto) e David Yazbek (música)

Baseado no filme da Fox Searchlight Picture escrito por Simon Beaufoy, produzido por Uberto Pasolini, dir. de Peter Cattaneo.

Direção: Tadeu Aguiar

Direção musical: Miguel Briamonte | Versão para o português: Artur Xexéo

 

Elenco:

Mouhamed Harfouch (Jerry)

Saulo Rodrigues (Dave)

André Dias (Malcolm)

Victor Maia (Ethan)

Carlos Arruza (Harold)

Sérgio Menezes (Jegue)

Xande Valois / Pedro Henriques Motta (Nathan)

Patrícia França (Vicki)

Kacau Gomes (Geórgia)

Sylvia Massari / Betina Vianny (Jeanette)

Stela Celanuo (Pam)

Carol Futuro (Estela)

Claire Nativel (Susan)

Larissa Landin (Joana)

Fabio Bianchini (Bobby/Keno)

Felipe Niemeyer (Teddy)

Gabriel Peregrino (Regis)

 

Cenário: Edward Monteiro

Figurino: Ney Madeira e Dani Vidal

Coreografia: Alan Rezende

Desenho de luz: David Bosboom e Daniela Sanchez

Desenho de som: Gabriel D’Angelo e Bruno Pinho

Multimídia: Paulo Severo

Orquestração: Harold Wheeler

Arranjos vocais e incidentais: Ted Sperling

Arranjos para músicas de dança: Zane Mark

Preparador vocal: Mirna Rubim

Design gráfico: Claudia Xavier

Assessoria de Imprensa: Morente Forte

 

Músicos:

Miguel Briamonte, Daniel Sanches – piano

Josias Franco, Ricardo Hulck, Marco Moreira (Chiquinho) – sopros

Pedro Silveira – guitarra

Leandro Vasques – baixo

Leandro Pagani – bateria

Coordenação de produção: Norma Thiré

Produção geral: Eduardo Bakr

Produtor Associado: Brainstorming Entretenimento

Realização: Estamos Aqui Produções Artísticas

t

OU TUDO OU NADA

THEATRO NET SP (799 lugares)

Rua Olimpíadas, 360 – Shopping Vila Olímpia/5° andar

Bilheteria: terça a domingo a partir das 14h. Estacionamento do shopping: R$ 10 por três horas

Vendas: www.ingressorapido.com.br / 4003.1212

 

Sextas e Sábados às 21h | Domingos às 17h

 

Ingressos:

 

R$ 150 (plateia) | 100 (balcão 1) | 50 (balcão 2)

 

Duração: 140 minutos

Recomendação: 10 anos

 

Temporada: Até 01 de Maio

 

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*