Crítica: OS Satyros estão de parabéns por 25 anos de vida!

Maria Lúcia Candeias, doutora em teatro pela USP e Livre Docente pela UNICAMP – (redacao@aplausobrasil.com)

ciborgursSÃO PAULO – Comemoram com sete peças que mostram para o público que estamos todos nos transformando em  ciborgues que estão sempre atentos a celulares, computadores e outros quase iguais. Essas mudanças, segundo o texto Não Amarás nos transformariam num ser humano que nunca existiu antes. São sete peças: Além da que já mencionamos temos os títulos a seguir que nos tornarão verdadeiras máquinas ou ciborques  Não Fornicarás, Não Morreras, Não Permaneceras!, Não Saberás, Não Salvarás e Não Venceras, Ou seja deixaremos de ser  gente como antes.

Esse receio é generalizado mas não necessariamente será tão radical.

O responsável pelos espetáculos é, como sempre, Rodolfo Garcia  Vazquez, auxiliado por vice diretores, ou diretores assistentes um em cada obra.

Muitíssimo atual a plateia  vibra e não tira o olho do palco.

O elenco é nota dez com grande destaque para  Contardo Caligaris na dramaturgia, para Ivam Cabral como assistente de Rodolfo , assim como Fernanda Dumbra e Robson Cataluña que estão arrasando como atores.E_Se_Fez_A_Humanidade_Ciborgue_Em_7_Dias_Foto_Baixa_de_Andre_Stefano

Em 2013 o grupo ganhou o prêmio Shell de teatro pela  inovação sempre bem sucedida das Satyrianas, um sucesso de público e de crítica, que há muitos anos, mostra encenação de vários grupos no dia do início da primavera aqui no espaço deles, um reconhecimento do valor dessa turma merecidíssimo.

As peças atuais ficam em cartaz uma vez por semana .  Pelo menos essa me pareceu imperdível. As outras também devem ser maravilhosas, mesmo não tendo o Ivam Cabral como vice diretor, pois a lista só tem gente pra lá de competente. Não perca.

E Se Fez a Humanidade Ciborgue em 7 Dias Direção Geral: Rodolfo García Vázquez Elenco: Os Satyros Onde: Espaço dos Satyros Um (Praça Roosevelt, 214) Quando: Domingos: 14h – Não Permanecerás. / 15h30 – Não Morrerás. / 17h – Não Vencerás. / 18h30 – Não Salvarás. / 20h – Não Saberás. / 21h30 – Não Amarás / 23h – Não Fornicarás.

DIAS DA SEMANA Não Permanecerás: segundas, 19h. Não Morrerás: terças, 19h. Não Saberás: quartas, 19h. Não Vencerás: quintas, 19h. Não Salvarás: sextas, 19h. Não Fornicarás: sábados, 19h. Valor: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada) Duração: 50 minutos. Classificação: 16 anos. Lotação: 40 pessoas. Endereço: Praça Roosevelt, 214 – Consolação Telefone: 11 3258-6345 Temporada:  Até 11 de maio.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado