Crítica: Um avental tradicional e muito atual

Maria Lúcia Candeias, doutora em teatro pela USP e Livre Docente pela UNICAMP – (redacao@aplausobrasil.com)

"Avental Todo Sujo de Ovo ". Na foto, Bete Dorgam e Roberto Arduin. Crédito Priscila Prade.
“Avental Todo Sujo de Ovo “. Na foto, Bete Dorgam e Roberto Arduin. Crédito Priscila Prade.

SÃO PAULO – Avental Sujo de Ovo, de Marcos Barbosa, em cartaz no Viga Espaço Cênico, é ao mesmo tempo tradicional e atual.  O elenco é composto por ninguém menos do que Beth Dorgam e Lilian Blanc, Dagoberto Feliz como filho da Beth e Roberto Arduim, quem dirige é Bruno Guida.

O casal que não se encontra com o filho há bem mais de dez anos , de repente, é visitado por ele. Quem o recebe primeiro é a mãe visto que o pai fica jogando dados e similares com vizinhos. É um encontro pra lá de emocionado e emocionante. A plateia fica nas mãos deles daí pra frente. Há alguns problemas familiares  a serem contornados aos poucos, tudo apresentado com grande dedicação e empatia. E é isso que é tão atual.

Muitos consideram que as mulheres são mais afetivas e capazes de perdoar mais facilmente do que os homens porque o sexo feminino vem equipado para ser mãe? Não dá para ter certeza.

Outros acham como motivo o fato de que os homens seriam mais racionais do que suas companheiras, será? O fato de a sociedade – que tem dado a elas a oportunidade de ser tão boas profissionais quanto eles – torna essa explicação não aceitável. Enfim não se sabe tanto assim sobre essas coisas.

A personagem de Beth tem como apoio uma grande amiga que divide os problemas com ela, a mulher vivida com brilho por Lilian Blanc, para variar excelente e sem competir pela atenção do público, além do necessário. O mesmo pode ser dito do cenário (Fábio Tolezano), dos figurinos (Gregório Candelório), da luz (Alina Santini) e da direção musical (também Dagoberto Feliz). Com tantas qualidades  ninguém deve perder.

 

Ficha Técnica

Elenco: Bete Dorgam, Dagoberto Feliz, Lilian Blanc, Roberto Arduin

Texto: Marcos Barbosa

"Avental Todo Sujo de Ovo ". Na foto, Lilian Blanc, Bete Dorgam e Roberto Arduin. Crédito Priscila Prade.
“Avental Todo Sujo de Ovo “. Na foto, Lilian Blanc, Bete Dorgam e Roberto Arduin. Crédito Priscila Prade.

Direção: Bruno Guida

Assistente de Direção: Beatriz Morelli

Cenário: Flavio Tolezani

Figurino: Gregório Candeloro

Adereços: Marcela Donato

Luz: Aline Santini

Operação de som e luz: Pablo Perosa

Designer: Kelson Spalato

Fotos: Priscila Prade

Direção de Produção: Andresa Lenzi e Daniella Griesi

Assistência de Produção:Ricardo Sily

Administração: Juliana Mucciolo

Assessoria de Imprensa Ofício das Letras: Adriana Monteiro

Realização: Solo Entretenimento

Serviço

Avental Todo Sujo de Ovo

Temporada: Todas as sextas, sábados e domingos de 4 de outubro a 15 de dezembro

Horário: Sextas e sábados as 21h e domingos as 19h

Classificação Indicativa: 14 ANOS

Duração: 60 minutos.

Gênero: Melodrama

Ingresso: R$30,00 / R$15,00

Telefone para reserva: (11) 3801–1843

www.compreingresso.com

Sala Viga – 74 lugares

Viga Espaço Cênico

Rua Capote Valente, 1323 – Pinheiros, São Paulo/SP

Próximo ao metrô Sumaré

Telefone: (11) 3801.1843

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*