CRÍTICA: VÁRIAS SURPRESAS ÓTIMAS

Maria Lúcia Candeias, doutora em teatro pela USP e Livre Docente pela UNICAMP – (redacao@aplausobrasil.com) 

blancheSÃO PAULO – O espetáculo A Noite em que Blanche Dubois Chorou Sobre Minha Pobre Alma é lindíssimo e não simplesmente pelo excelente texto de Jarbas Capusso Filho, mas também pelo espetáculo ótimo de Renato Andrade (dramaturgo e diretor) que criou uma montagem irretocável, com o auxílio da dupla de atores:  Maria Inês Aranha se encarrega da protagonista, Estela que ia ser Blanche Dubois num trabalho, mas acabou perdendo essa chance, pouco inconformada ela contrata um homem de aluguel para si. O faz com muita categoria pois trabalhou no começo da carreira com Eduardo Tolentino do Grupo Tapa. O mesmo pode ser dito do ator Daniel Morozetti que trabalhou com Os Satyros, foi ator até de novelas como Chiquititas, além de ter bastante experiência como cenógrafo e figurinista.  Isso explica porque assina os belos trajes desta peça.

Capusso se inspirou em Tennessee Williams, (um dos maiores autores de teatro e cinema no século XX).  Ela é protagonista de Um Bonde Chamado Desejo. O que se assiste é tão perfeito que o público pode ficar com inveja dos personagens que com altos e baixos mantém uma esperança luminosa, se compreendem, se emocionam e se complementam como é raro se ver no palco; éramos recém saídos do machismo presente em quase toda a História, machismo esse que foi quebrado  em primeira mão pelo autor dinamarquês, Henrik Ibsen em obras como Casa de Bonecas e tantas outras.

Por essas e outras é um espetáculo imperdível que ainda tem cenografia super adequada de Cristiano Panzarin,  Iluminação ótima de Cecília Lusz e trilha discreta e bonita também do diretor. Está em cartaz no Shopping Higienópolis num teatro superconfortável com apenas 65 lugares. Você não deve perder.

Serviço:
A Noite em que Blanche Dubois Chorou Sobre Minha Pobre Alma

Até 14 de dezembro.

Sábado, 20h. Domingo, 18h.

Teatro da Livraria da Vila – Avenida Higienópolis, 618 – Consolação – São Paulo

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

+ info em http://www.teatrolivrariadavila.com.br/

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*