Cultura de Embu das Artes abre 3490 vagas em 20 cursos de artes

SÃO PAULO – A Secretaria de Cultura de Embu das Artes abre inscrições para os cursos dos Núcleos de Cultura,  até 15 de fevereiro. São 3.490 vagas – 38% a mais que no ano passado – distribuídas em 20 cursos gratuitos em 11 locais por toda a cidade. Todos os cursos serão ministrados em todos os centros culturais e alguns deles em várias associações de moradores de bairro da cidade.

A maior parte dessa ampliação das vagas deve-se à inauguração do novíssimo Centro Cultural do Jardim Santo Eduardo que estará concluído em março e oferecerá 780 vagas de 20 cursos na própria periferia da cidade, onde a demanda é maior. Além disso, houve ampliação de turmas e professores de balé e a entrada nos Núcleos dos cursos de Escultura (em pedra e cerâmica), que oferecerão 60 vagas nos centros culturais do Santo Eduardo.

As inscrições podem ser feitas em onze pontos da cidade onde os cursos também serão ministrados, como centros culturais e associações amigos de bairro. (VEJA ABAIXO).

Para fazer a inscrição basta levar uma identificação (escolar ou RG) e comprovante de residência (que não é obrigatório, mas contem informação de endereço indispensável para a inscrição). Para menores de idade é necessária a presença ou autorização dos pais.

LISTA DOS LOCAIS DE INSCRIÇÂO E DE CURSOS:

PIRAJUÇARA: Centro Cultural Parque Pirajuçara: (Av. Aimará, 100) Balé clássico, dança do ventre, jazz, danças brasileiras, dança de salão, dança afro, teatro, violão,viola caipira, cavaquinho, percussão,bateria, canto coral, flauta, pintura em tela, desenho, cerâmica e escultura.

SANTO EDUARDO: Centro Cultural Santo Eduardo: (r. Maringá esq. c/r. Bristol) Balé clássico, dança do ventre, jazz, danças brasileiras, dança de salão, dança afro, capoeira, teatro, violão,viola caipira, cavaquinho, percussão,bateria, canto coral, flauta, pintura em tela, desenho, papel machê, cerâmica e escultura.

CENTRO HISTÓRICO: Centro Cultural Mestre Assis (Largo 21 de Abril, 29) Balé clássico, dança do ventre, jazz, danças brasileiras, dança de salão, dança afro, teatro, violão,viola caipira, percussão,bateria, canto coral, flauta, pintura em tela, desenho.

ITATUBA: Instituto Embu de Sustentabilidade (Rua 18 de Fevereiro, 84)  – violão e dança de salão.

Associação de Moradores SABIA (Estrada Maria José Ferraz Prado, 2623) – capoeira e papel machê.

CENTRO: Memorial Sakai (Rua Rebolo Gonzales, 185): cerâmica.

JARDIM MARAJOARA: Paróquia Santa Clara (Rua Tabarana, 44), cavaquinho, violão e papel machê.

RESSACA: Labirosca (Estrada dos Hengles,102) Capoeira e dança de salão.

SANTA LUZIA: Associação Amigos de Bairro (Av. Sete de Setembro, 927): cavaquinho e papel machê.

JARDIM SILVIA: Associação de Amigos de Bairro (Rua Piauí, 81): capoeira e cavaquinho.

VAZAME: Associação de Moradores (Rua dos Cisnes,113) Dança do ventre e dança de salão.

VISTA ALEGRE: Associação Amigos de Bairro (Rua Niterói, 1000) dança do ventre.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.