Dançando em Lúnassa está de volta ao Viga Espaço Cênico

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

DANÇANDO EM LÚNASSA
DANÇANDO EM LÚNASSA

SÃO PAULO- Depois de temporada de sucesso na capital paulista em 2013, Dançando em Lúnassa está de volta ao Viga Espaço Cênico. O espetáculo, que recebeu indicação de melhor atriz (Denise Weinberg) ao prêmio Quem de Teatro, coloca em evidência os valores de uma sociedade rural tradicional irlandesa que está em processo de transformação com o advento da industrialização. A reestreia acontece quarta (19), às 21h00. A direção é de Domingos Nunez. Elenco: Denise Weinberg, Sandra Corveloni, Clara Carvalho, Mário Borges, Isadora Ferrite, Renato Caldas, Fernanda Viacava, Bruno Perillo, atores da Cia Ludenz.

A obra de Brian Friel já foi montada no mundo todo e foi adaptada para o cinema com o título em português A Dança das Paixões, com Meryl Streep como protagonista.

A trama acontece na pequena cidade fictícia de Ballybeg, em 1936, quando surge o rádio.

O público acompanha o retorno de um padre missionário da África, que transforma a vida pacata de suas cinco irmãs.

O cotidiano das personagens, pautado por princípios patriarcais, cristãos e hipócritas. não é fácil devido à crise financeira que enfrentam. A única distração é ouvir músicas do rádio, cantar  e dançar.

Sobre a Cia Ludens 

 

Fundada  em 2003,  em São Paulo, a Cia Ludens dedica-se a pesquisa, estudo e prática da dramaturgia irlandesa e suas conexões com a realidade social, cultural e política do Brasil contemporâneo. A companhia tem em seu repertório cinco montagens de peças inéditas no país, três ciclos de leitura e dois livros.

 

Dançando em Lúnassa foi o primeiro espetáculo e estreou em 2004. Em seguida a companhia montou Pedras nos Bolsos (2006), Idiota no País dos Absurdos (2008), O Fantástico Reparador de Feridas, Balangangueri, e por fim, em 2013, a remontagem de Dançando em Lúnassa.

 

Ficha Técnica:

Autor: Brian Friel

Tradução e Direção: Domingos Nunez

Cenografia e Figurinos: Telumi Hellen e Paula De Paoli

Direção Musical e Músicas Originais: Eliseu Paranhos e Vinícius Davidovitch

Iluminação: Aline Santini

Corpo: Neide Neves

Elenco:

Denise Weinberg – Kate

Sandra Corveloni – Maggie

Clara Carvalho – Agnes

Mário Borges- Jack

Isadora Ferrite – Rose

Renato Caldas – Gerry

Fernanda Viacava – Chris

Bruno Perillo – Michael

Trilha Sonora:

Baixo: Gibson Freitas Bateria, Claudio Oliveira Cello, Adriana Lombardi

Sanfona: Aline Reis Trumpete, Maycon Mesquita

Violão e Percussão: Vinícius Davidovitch

Coreografia: Edson Coelho

Fotografias: João Caldas Fº

Programação Visual Gráfica: Agência Nuts

Operação de Luz e Som: Felipe Jóia

 Serviço:

Viga Espaço Cênico (Rua Capote Valente, 1323 – entre as ruas Heitor Penteado e Amália de Noronha, próximo ao metrô Sumaré), 74 lugares.

19/02 até 10/04 (Quarta e Quinta às 21h)

R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada)

INFORMAÇÕES: 3801 1843

DURAÇÃO: 110 minutos

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado