DENISE FRAGA LEVA MAIS UM TEXTO DE BRECHT PARA O TEATRO TUCA E FAZ ENSAIOS ABERTOS DIAS 8, 9 e 10 DE MAIO

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

'Galileu Galilei' estreia dia 15 de maio no Tuca e faz ensaios abertos para o público  . Foto: João Caldas
‘Galileu Galilei’ estreia dia 15 de maio no Tuca e faz ensaios abertos para o público . Foto: João Caldas

SÃO PAULO – Como diz o ditado popular “o bom filho a casa torna”. Assim podemos dizer da dobradinha Denise Fraga e Bertolt Brecht. Depois do espetáculo Alma Boa de Setsuan, do dramaturgo e escritor alemão, a atriz traz o espetáculo Galileu Galilei ao Teatro Tuca. Alma Boa de Setsuan ficou em cartaz por dois anos e meio e teve mais de 220 mil espectadores no mesmo teatro. Galileu Galilei antes da estreia, em 15 de maio, faz ensaios abertos nos dias 08, 09 e 10 de maio. Os ensaios abertos são gratuitos, mas é preciso se inscrever pelo e-mail: emailcontato@niafilmes.com.br.

Se, em A Alma Boa, a questão principal era: “Como ser bom e ao mesmo tempo sobreviver no mundo competitivo em que vivemos?”, em Galileu Galilei, ela extrapola os limites do individual e pergunta: “Como posso ser fiel ao que penso sem sucumbir ao poder econômico e político vigente? Como contribuo para o avanço social sem me preocupar unicamente com meu conforto individual?”

Não é só da biografia de Galileu que Brecht quer falar. Brecht coloca em xeque o herói, seu significado social, a discutível necessidade de sua existência numa sociedade que compromete sua liberdade em seus inevitáveis jogos de poder.  Com isso, chama toda a plateia para compartilhar de sua questão.

A trilha sonora de Lincoln Antônio e Théo Werneck cria novas canções, ambientes sonoros e reinventa músicas originais de Hanns Eisler para a obra original de Brecht. Márcio Medina cria um espaço cenográfico valorizando as inúmeras analogias ao movimento circular sugerido pelo texto. Os figurinos de Marina Reis passam pela Renascença chegando até o futuro próximo, ora identificando épocas, ora sugerindo a atemporalidade das questões e, finalmente, a luz de Wagner Antônio busca valorizar  a ótica e a luz tão estudadas por Galileu.

O espetáculo da diretora Cibele Forjaz desvenda o fazer teatral diante do público, com atores que manipulam o cenário e fazem a contra-regragem, totalmente disponíveis artisticamente para contar a história que Brecht reinventou, trazendo à cena uma profusão de formas, conceitos e parodias grotescas.  O elenco mistura atores parceiros de longa data de Denise e de Cibele, em sua Cia Livre: Ary França, Rodrigo Pandolfo, Lúcia Romano, Maristela Chelala, Vanderlei Bernardino, Jackie Obrigon, Luís Mármora, Silvio Restiffe e Théo Werneck – como ator e músico.

GALILEU GALILEI

Teatro Tuca

(672lugares)

Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes

Informações: 3670.8455

Vendas: www.ingressorapido.com.br e 4003.1212Bilheteria: de terça a domingo a partir das 14h. Aceita dinheiro e todos os cartões, crédito e débito. Não aceita cheque. Acesso para deficiente. Ar-condicionado. Vallet no teatro aos sábados e domingos – R$ 20. Estacionamento conveniado: Píer Park da Rua Monte Alegre, 835 – R$ 14.

Horários:

Sextas e Sábados às 21h | Domingos às 19h

Ingressos:

Sextas R$ 50 | Sábados e Domingos R$ 70

Duração: 140 minutos

Recomendação: 12 anos

Estreia dia 15 de Maio

Ensaios abertos:

Dias  08, 09 e 10 de maio de 2015.

Sexta, Sábado e Domingo às 20h.

Entrada Gratuita. Sujeito à lotação da sala.

É obrigatória a inscrição pelo emailcontato@niafilmes.com.br

Ficha Técnica:

Direção Artística: Cibele Forjaz

Adaptação/Dramaturgia: Christine Röhrig, Cibele Forjaz, Maristela Chelala e Denise Fraga

Cenografia: Márcio Medina

Trilha Sonora: Lincoln Antônio e Théo Werneck

Iluminador: Wagner Antonio

Figurinista: Marina Reis

Visagista: Simone Batata

Preparação Corporal e Coreografia: Lu Favoretto

Preparação Vocal: Andrea Drigo

Assistente de Direção: Artur Abe e Ivan Andrade

Fotos: João Caldas

Programação Visual: Philippe Marks

Vídeos: Chico Gomes, Paulo Mosca, Bossa Nova Films

Produção Executiva: Lili Almeida

Direção de Produção: José Maria

Realização: NIA Teatro

Contato: Bete Andrade

Tel:  (11) 3670-8411

E-mail:  bandrade@pucsp.br