Dinastia Fagundes reina com brilho em Vermelho

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Antonio e Bruno Fagundes contracenam em "Vermelho", de John Logan

SÃO PAULO – Assisti Vermelho anteontem, texto de John  Logan, direção de Jorge Takla e com os atores Antonio Fagundes e Bruno Fagundes – guardem bem esse nome, ele surpreende em  cena ao lado do pai, um veterano ator que passou seus genes de perspicácia, seriedade e talento ao filho – num espetáculo que, mais que o prazer em assistir sua riqueza sensorial, nos estimula a mergulhar mais e mais no universo das artes plásticas e filosofia, por exemplo.

Corra porque essa primeira temporada paulistana acaba amanhã no Teatro GEO, depois parte em visgens. Vamos torcer pelo breve retorno na capital paulista e, ano que vem Vermelho, com primorosa tradução da atriz Rachel Ripani, chega ao Rio de Janeiro.

Roteiro:

Vermelho. Texto: John Logan. Tradução: Rachel Ripani. Direção e cenografia: Jorge Takla. Elenco: Antonio Fagundes e Bruno Fagundes. Iluminação: Ney Bonfante e Jorge Takla. Figurino: Fabio Namatame. Fotografia João Caldas.

Serviço:
Teatro GEO (627 lugares), Rua Coropés, 88 (próximo ao metro Faria Lima), tel. 3728.4930 Horários: quinta e sábado, às 21h; sexta, às 21h30 e domingos, às 18h.Ingressos: Platéia R$ 120,00 e Balcão R$ 100,00. Duração: 80 minutos. Classificação:12 anos. Estacionamento: valet c/ manobrista. Horário da bilheteria: terça, quarta e domingo das 12 às 20h; quinta, sexta e sábado das 12 às 21h.  Vendas para o dia do espetáculo serão encerradas 15 minutos antes do inicio. Vendas: na bilheteria, aceitam-se cartões de crédito e débito ou dinheiro; ou pelo site: www.showcard.com.br . Venda para grupos: grupos@takla.com.br ou tel. (11) 7571.353

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado