DOCUMENTÁRIO BIOGRÁFICO TRAZ DRAMATURGIA DE MARIA ADELAIDE AMARAL

Kyra Piscitelli, do Aplauso Brasil (kyra@aplausobrasil.com.br)

Dramaturga Maria Adelaide Amaral é homenageada em documentário. Foto: divulgação.

SÃO PAULO – A obra escrita por Maria Adelaide Amaral foi tema de um documentário de alunos de jornalismo da Faculdade Anhembi Morumbi. Dirigido por Jessica Di Risio, o trabalho de conclusão de curso traz a história da autora com foco na contribuição para a televisão e para o teatro.

Com menos de 25 minutos, o filme Entre Retratos – A Dramaturgia de Maria Adelaide Amaral traz o depoimento da própria autora, de seu filho e de especialistas, como o colaborador do Aplauso Brasil e crítico Luís Francisco Wasilewski.

A obra de Maria Adelaide inclui sucessos televisivos como A Casa das 7 MulheresDalva e HeriveltoJK Um só coração (as duas últimas em parceria com Alcides Nogueira). Como dramaturga, as peças De braços abertosIntensa magia e Querida mamãe são alguns destaques.

O documentário  abre com o conto Fotografias do livro Morangos Mofados, escrito por Caio e dedicado à Maria Adelaide. A indicação foi Luís Francisco, que também escolheu um lugar inusitado para a gravação do seu depoimento: o cemitério da Consolação. Segundo ele, “ a biografada gosta de caminhar por ele, visitando os túmulos de artistas que foram importantes para sua obra como Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral”, conta.

O filme, para o crítico, trata de uma importante dramaturga e escritora do nosso tempo, que consegue ocupar um “espaço importante em um ambiente hegemonicamente masculino, que é o dos autores de teledramaturgia”.

Assista  Entre Retratos – A Dramaturgia de Maria Adelaide Amaral: 

 

 

 

 

 

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*