DUAS VEZES CLUB NOIR NO ITAÚ CULTURAL

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

FANTASMAS_foto Leekyung Kim
FANTASMAS_foto Leekyung Kim

SÃO PAULO – O Terça Tem Teatro, projeto do Itaú Cultural, tem dose dupla para celebrar os dez anos de criação do Club Noir, capitaneado por Juliana Galdino e Roberto Alvim. Amanhã (23) e quarta-feira (24), o grupo sediado no Baixo Augusta apresenta Fantasmas, adaptação de Alvim para a obra de Henrik Ibsen, e O Balcão, de Jean Genet, respectivamente.

Os elencos são compostos por Guilherme Weber, Pascoal da Conceição, Mário Bortolotto, Luísa Micheletti, Juliana Galdino, Renato Forner, Diego Machado, Taynã Marquezone, Vinicius Tardelli e Arthur Rangel.

O BALCÃO
O BALCÃO

Ainda, a atriz Juliana Galdino, intérprete de personagens em ambas as montagens, é entrevistada pelo jornalista, crítico e pesquisador de teatro Valmir Santos. A conversa acontece no Camarim, programa no qual os atores convidados da semana do TTT contam seus processos de criação momentos antes de entrar em cena. O público que participa do encontro automaticamente recebe um ingresso para assistir à peça. Todas as atividades contam com interpretação em Libras.

 

Fantasmas

Fantasmas_Crédito DivulgaçãoEscrita por Henrik Ibsen, em 1881, e dirigida por Roberto Alvim, Fantasmas é considerada por muitos teóricos a primeira tragédia moderna da história do teatro. Encenada no dia 23, às 20h, a peça se desenrola como um pesadelo sobre religião, hipocrisia, corrupção, loucura, incesto e eutanásia. Na mansão da Sra. Alving, em uma atmosfera de sexualidade reprimida, digladiam-se personagens como o pastor corrompido pelo dinheiro; o mestre-de-obras disposto a prostituir a própria enteada; mãe e filho imersos em uma relação erótica perversa. A casa, outrora familiar, se transforma na morada dos piores medos e dos desejos inconfessáveis.

 

 

O BalcãoO BALCÃO - 5

No dia seguinte, 24, também às 20h, é a vez de O Balcão ser levado ao palco da Sala Itaú Cultural. Neste espetáculo, Alvim faz releitura da obra-prima lendária do dramaturgo francês Jean Genet. A montagem se passa na casa de prostituição de Madame Irma, interpretada por Juliana Galdino, onde as fantasias são instauradas em estranhos e violentíssimos jogos sexuais. A questão crucial é que, para Genet, o prostíbulo é uma metáfora do mundo inteiro, o que confere à obra uma implacável lucidez acerca da lógica de operação das instituições na sociedade. Enquanto os homens frequentam o bordel e propõem jogos sexuais perversos nos quais encarnam as principais instituições de poder, como a Igreja, o Tribunal, o Exército e a Polícia, uma rebelião popular acontece nas ruas, ameaçando a estabilidade social.

 

Além das atrizes Juliana e Luísa, componentes dos elencos das duas apresentações, nesta o time é complementado por Renato Forner, Diego Machado, Taynã Marquezone, Vinicius Tardelli e Arthur Rangel.

 

SERVIÇO:

Terça Tem Teatro

Com a companhia Club Noir

Direção de Roberto Alvim

 

Fantasmas

Texto: Henrik Ibsen

Elenco: Guilherme Weber, Pascoal da Conceição,

Mário Bortolotto, Luísa Micheletti e Juliana Galdino

Dia 23 de fevereiro (terça-feira)

Às 20h

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: 14 anos

Sala Itaú Cultural

247 lugares

Entrada franca (ingressos distribuídos com 30 minutos de antecedência)

Interpretação em Libras

 

 

Camarim – Bate-papo com a atriz Juliana Galdino

Dia 24 de fevereiro (quarta-feira)

Das 16h às 18h

Mediação do crítico teatral Valmir Santos

Classificação Indicativa: Livre

Sala Multiúso (50 lugares) – aqueles que participarem do encontro automaticamente

receberão um ingresso para assistir à peça O Balcão, apresentada no mesmo dia, às 20h.

Entrada franca (ingressos distribuídos com 30 minutos de antecedência)

Interpretação em Libras

 

O Balcão

Texto: Jean Genet

Elenco: Juliana Galdino, Luísa Micheletti, Renato Forner, Diego Machado,

Taynã Marquezone, Vinicius Tardelli e Arthur Rangel.

Dia 24 de fevereiro (quarta-feira)

Às 20h

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: 16 anos

Sala Itaú Cultural

247 lugares

Entrada franca (ingressos distribuídos com 30 minutos de antecedência)

Interpretação em Libras

Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho

R$ 10 pelo período de 12 horas.

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural: 3 horas: R$ 7;

4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.

Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

Acesso para deficientes físicos

Ar condicionado

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Tels: 11. 2168-1776/1777

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*