EM CARTAZ: FESTIVAL YESU LUSO PROMOVE REUNIÃO ENTRE ARTISTAS DE PAÍSES LUSÓFONOS NO SESC IPIRANGA

SÃO PAULO – Mostra de teatro em língua portuguesa, que ocorre entre 2 e 11 de junho, reúne atores, autores e pensadores de cinco nações Portugal, Moçambique, Cabo Verde, Brasil e Angola encontram-se no palco do Sesc Ipiranga, entre os dias 2 e 11 de junho, no Festival Yesu Luso – Teatro em Língua Portuguesa, que tem curadoria da atriz Arieta Corrêa e do produtor Pedro Santos. Presentes nos cinco continentes, o idioma que une todas essas nações é o quarto mais falado no mundo. Mas, às vezes, parece caminhar isolado, solitário.

“O que nos choca é o gigantesco afastamento entre as pátrias falantes dessa mesma língua. Um silêncio, um abismo, uma distância, no que se refere às relações sociais entre a maioria dos países lusófonos”, comenta Arieta.

Com o sonho de mudar esse panorama, a mostra mistura o português em infinitas possibilidades e trabalha as relações que cada um dos países têm com a produção artística brasileira. Durante a programação, que traz seis peças de teatro, uma oficina e três debates com artistas e pensadores dos cinco países, essas combinações podem ser, por exemplo, de nacionalidades.

A troca de experiências culturais acontece em dois diferentes espetáculos de trupes portuguesas, dirigidas por dois grandes nomes do teatro brasileiro. O diretor carioca Eduardo Tolentino de Araújo, fundador do Grupo TAPA, por exemplo, comanda o núcleo artístico da Companhia de Teatro de Braga na montagem Um Picasso, do dramaturgo norte-americano Jeffrey Hatcher.

Já o encenador brasileiro Marco Antonio Rodrigues, cofundador da Cia. Folias D´Arte e ganhador dos prêmios Molière e Mambembe, está na direção de “As Três Irmãs (Making Of)”, inspirado na obra homônima do escritor russo Anton Tchekhov (1860-1904). A montagem é encenada pelo português Grupo Teatrão.

Ao pensar em uma (re)aproximação humana e histórica, os curadores do Yesu Luso chegaram à conclusão de que o melhor caminho para essa interação seria a arte. “Através das diferentes expressões artísticas de cada um desses países, poderemos refletir, nos relacionar, nos identificar e nos envolver verdadeiramente uns com os outros”, observa Corrêa.

A plateia brasileira terá acesso a figuras que norteiam a cultura e o imaginário angolano em Rostos de Loanda, Luanda, do Grupo Colectivo Miragens de Teatro. Também vai acompanhar as questões do feminismo na realidade moçambicana em Qual é a Sentença? A Mulher que Matou a Diferença, com interpretação forte de Assucena Daniel e Castigo dos Santos.

Temas densos, como o abuso sexual de menores, são apresentados pelos cabo-verdianos do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo em Teorema do Silêncio, com texto de Caplan Neves e direção de João Branco. O cansaço generalizado e o extermínio da intimidade no mundo de hoje são os debates de um ator de teatro e de uma atriz pornô em “I Can´t Breathe”, em que Elmano Sancho surge como autor, diretor e ainda interpreta, ao lado de Cheila Lima.

Confira abaixo a programação do Festival Yesu Luso – Teatro em Lingua Portuguesa:
Espetáculos

“Um Picasso” – Companhia de Teatro de Braga (Portugal)
Classificação: 12 anos
Onde: Teatro
Quando: 2 e 3/6, às 21h
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

“I can´t breathe”, de Elmano Sancho (Portugal)
Classificação: 18 anos
Onde: Auditório
Quando: 6 e 7/6, às 21h30
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

“As três irmãs (Making Of)”, do Grupo Teatrão (Portugal)
Classificação: 12 anos
Onde: Teatro
Quando: 10/6, às 21h, e 11/6, domingo, às 18h
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

“Qual é a sentença? A mulher que Matou a Diferença”, do Grupo Katchoro Kupalucha
Classificação: 14 anos
Onde: Auditório
Quando: 3/6, às 19h30, e 4/6, às 18h30
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

“Rostos de Loanda, Luanda”, do Grupo Colectivo Miragens (Angola)
Classificação: 14 anos
Onde: Teatro
Quando: dias 7 e 8/6, às 21h
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

“Teorema do Silêncio”, do Grupo de Teatro do Centro Cultural Português do Mindelo
(Cabo Verde)
Classificação: 12 anos
Onde: Auditório
Quando: 9/6 – sexta, às 21h30 / 10/6 – sábado às 19h30
Quanto: R$ 30,00, R$ 15,00 e R$ 9,00

Atividades de formação
As inscrições serão feitas na Central de Atendimento do Sesc Ipiranga a partir do dia 2/6. Para maiores de 16 anos.

Bate-papo
Mesa de Diretores
Com Rui Madeira (Portugal), Eduardo Tolentino (Brasil) e Marco Antonio Rodrigues (Brasil). Mediação de Arieta Correa.
Onde: Convivência
Quando: 2/6, sexta, às 15h
Quanto: Grátis

Bate-papo
Cena Lusófona
Onde: Convivência
Quando: 10/6, sábado, às 15h
Quanto: Grátis

Oficina
Making Of – Oficina de interpretação a partir de As Três Irmãs
Com Isabel Craveiro e Marco Antonio Rodrigues.
Ação desenvolvida a partir da versão de “Três Irmãs”, de Anton Tchekhov, gerada no processo entre o encenador brasileiro Marco Antonio Rodrigues e o coletivo português Teatrão. Nesta versão, criada sob a tensão de um momento crítico para Portugal, o espetáculo circula em quatro atos, por quatro espaços: uma repartição pública, um local em que a arquitetura contemporânea se confronta com a ruína, um espaço militar e o jardim do teatro. O trabalho com os participantes se dará a partir de um fragmento do texto do segundo ato e partindo de fotografias deles, que marquem momentos importantes tanto para suas vidas quanto para o país.
Onde: Espaço de Tecnologias e Artes
Quando: 8 e 9/6, quinta e sexta, às 19h
Quanto: Grátis / 20 vagas

Encontro
O Teatro Português e o Contexto Socioeconômico
Com Rui Vieira Nery
O encontro retoma o debate da conferência “Cultura e Neoliberalismo”, parte integrante de um ciclo mais vasto denominado “CASA/TERRITÓRIO: Sujeito, Democracia e Pertença”, desenvolvido a partir da produção “As Três Irmãs (Making Of)”. Neste encontro, serão debatidas questões acerca da contemporaneidade e a forma como a Arte pode criar brechas de discussão e alternativas a uma construção hegemônica do mundo.
Onde: Teatro
Quando: 11/6, domingo, às 15h
Quanto: Grátis

YESU LUSO – TEATRO EM LÍNGUA PORTUGUESA
De 2/06 a 11/06. Teatro (200 lugares)
Ingressos: R$ 9,00 a R$30,00

Sesc Ipiranga: Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga
Telefone – (11) 3340-2000 – www.sescsp.org.br/ipiranga
Acesso para deficientes físicos
Não temos estacionamento
Ingressos à venda pelo portal www.sescsp.org.br ou nas bilheterias das unidades
Bilheteria Sesc Ipiranga – Terça a sexta das 12h às 21h; sábados, das 10h às 21h30; domingos e feriados, das 10h às 18h

Redação Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)