ENCONTRO COM ROBERT LEPAGE

ENCONTRO COM ROBERT LEPAGE

Jogos de Cartas Copas de Lepage Coeur_052_Seguindo uma das preocupações do SESC SP, segundo Miranda, de promover uma ação educacional em paralelo ao espetáculo a ser apresentado, às 20h de hoje, com entrada franca, na própria unidade de  Santo Amaro, Robert Lepage fará uma palestra em que abordará questões acerca  do Projeto Jogos de Cartas.

Sobre Robert Lepage

Robert Lepage é um artista multidisciplinar. Versátil em toda forma de técnica teatral, Lepage é igualmente talentoso como diretor de teatro, dramaturgo, ator e diretor de filmes.

Sua abordagem criativa e original para o teatro rendeu-lhe o reconhecimento internacional e estremeceu a base do dogma de direção clássica de palco, especialmente com o uso de novas tecnologias.

A história contemporânea é a sua fonte de inspiração e o seu trabalho moderno e incomum transcende todos os limites.

Ele nasceu em Québec, em 1957, inicialmente gostava de geografia e, mais tarde, quando descobriu todas as formas de arte, o teatro chamou sua atenção.

Aos 17 anos entrou no Conservatório de Arte Dramática de Québec e depois de uma temporada de estudos em Paris, retornou para Québec e se envolveu em muitos projetos criativos, obtendo experiência como ator, autor e diretor. Dois anos depois, ele se uniu ao Théâtre Repère e depois de exibir diversos espetáculos e ganhar reconhecimento internacional por seu trabalho, Lepage criou em 1988 sua própria companhia profissional, a Robert Lepage Inc (RLI).

De 1989 a 1993, foi Diretor Artístico do Théâtre Français no Centro Nacional de Artes em Ottawa. Com “Sonhos de uma Noite de Verão”, em 1992, Lepage foi o primeiro norte-americano a dirigir uma peça de Shakespeare no Royal National Theatre em Londres. Também já dirigiu cinco filmes, dois espetáculos para o Cirque du Soleil e cinco óperas, incluindo no Metropolitan Opera House de Nova York, e concebeu shows para o músico inglês Peter Gabriel e instalações em Québec.

No Brasil, Robert Lepage ficou muito conhecido pela remontagem de Monique Gardenberg para “Os sete afluentes do Rio Ota”, que esteve em cartaz no Sesc Pinheiros, — obra que marca a fundação da sua Cia. Ex Machina —, e também pela encenação de “The Far Side of the Moon”, espetáculo sobre a corrida espacial durante a Guerra Fria e que foi apresentado em São Paulo.

Encontro com o diretor Robert Lepage (Cia Ex Machina)

Apresentação sobre o processo de montagem do projeto Jogos de Cartas.

Data: 8 de outubro, quarta-feira

Horário: 20h

Local: Sesc Santo Amaro – Teatro (1º andar)

Entrada gratuita – retirada de ingresso a partir de 1 hora antes da atividade, sujeito a lotação do espaço.

Capacidade: 279 lugares

Endereço: Rua Amador Bueno, 505, Santo Amaro

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado