Equus faz sessão extra no Festival de Curitiba

Da Assessoria de Imprensa do Festival de Curitiba

"Equus"

CURITIBA  – Com as duas sessões regulamentares lotadas, o espetáculo Equus terá uma apresentação extra nesta quarta (4), às 19h, no Teatro Sesc da Esquina. A outra apresentação ocorre às 21 horas.

O texto de Peter Shaffer é um dos clássicos do teatro mundial. A montagem dirigida porAlexandre Reinecke tem Leonardo Miggiorin e Elias Andreato no elenco. Miggiorin faz o jovem atormentado e retraído, fortemente marcado por influência religiosa. Andreato é o psiquiatra que tenta entender o rapaz – num momento delicado, ele cega seis cavalos pelos quais é fascinado.

A perturbadora história invade o campo da psicanálise, das relações familiares e da descoberta da sexualidade adolescente.

No meio disso tudo ainda há espaço para algum burburinho. O jovem astro Miggiorin aparece nu – cena que em 2007 gerou polêmica com o ator inglês Daniel Radcliffe (o Harry Potter da série), que protagonizou uma montagem inglesa da peça. O nudismo de Harry Potter, no entanto, logo perdeu espaço para a performance bastante elogiada do ator, que abriu ali um novo capítulo de sua carreira.

Ingressos

Os ingressos para sessão extra custam R$ 50 e R$ 25 e podem ser comprados nos quiosques dos shoppings Mueller, Palladium e ParkShoppingBarigui , pela internet ou na bilheteria do teatro (que abre uma hora antes da apresentação.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.