SÃO PAULO – O mais recente trabalho da diretora carioca Christiane Jatahy, ÍTACA – Nossa Odisseia I, chega a São Paulo, em curta temporada no Sesc Consolação, depois de estrear em Paris, no Odéon-Théâtre de l’Europe, com uma temporada de seis semanas de sucesso de crítica e de público, e em seguida foi apresentada no Alkantara Festival, no Teatro São Luiz, em Lisboa.

O público, como nos trabalhos anteriores de Jatahy, fará parte da construção ficcional da história e estará em relação direta com a cena.

A partir de dois pontos de vista complementares dessa história, o público vê em ordens diferentes o lado de ÍTACA e o lado da travessia para chegar em ÍTACA, até que uma grande transformação cenográfica reúne todos no mesmo espaço. O cenário criado por Christiane Jatahy e Thomas Walgrave (artista belga que inicia nesse projeto uma parceria criativa com Christiane Jatahy), tem um efeito direto nos corpos dos atores e na relação com o público.

Também a relação do teatro com o cinema está presente nessa nova criação. A guerra toma forma nas imagens produzidas em cena.

As três atrizes, Isabel Teixeira, Julia Bernat e Stella Rabello – que já trabalharam com Jatahy no espetáculo E se elas fossem para Moscou?  –  agora estão no espetáculo. A elas se juntam três atores, Cédric Eeckout, Karim Bel Kacem, e Matthieu Sampeur.

 

Ficha Técnica:

Interpretação: Cédric Eeckout, Isabel Teixeira, Julia Bernat, Karim Bel Kacem, Matthieu Sampeur e Stella Rabello;

Direção, dramaturgia e cenário: Christiane Jatahy;

Colaborador artístico, luz e cenário: Thomas Walgrave;

Colaboração no desenvolvimento da cenografia: Marcelo Lipiani; Designer de som: Alex Fostier;

Diretor de fotografia imagens: Paulo Camacho;

Figurinos: Siegrid Petit-Imbert, Géraldine Ingremeau;

Sistema de vídeo: Julio Parente;

Assistente de direção: Marcus Borja;

Colaborador artístico/tour manager e produtor Henrique Mariano;

Produção Odéon-Théâtre de l’Europe

Coprodução: Théâtre National Wallonie-Bruxelas, Teatro São Luiz – Lisboa, Centre Cultural Onassis – Atenas; Comédie de Genève; Apoio CENTQUATRE – Paris

Realização SP: Sesc

 

Christiane Jatahy é artista associada do Odeon Theatre d’Europe, do Le CentQuatre e do Theatre National Wallonie-Bruxelles.

 

“Le text d’Homère est ici comme un palimpseste, sur lequel Christiane Jatahy et ses six extraordinaires comédiens écrivent leur propre texte – un texte qui, pourtant, ne peut existir que parce que celui de l’auteur grec a existé, el parce qu’il est à la source de notre civilisation et de nos représentations imaginaires. Mais tout prend un tour on ne peut plus vivant et concret dans ce théâtre de Christiane Jatahy qui, depuis qu’on lá découvert, en 2014, avec Julia, d’après Strindberg a fait viellir d’un coup une bonne partie de ce qui se produit en Europe”  Fabianne Darge – Le MONDE

 

“O texto de Homero é aqui como um palimpsesto, no qual Christiane Jatahy e seus seis extraordinários atores escrevem seu próprio texto – um texto que, no entanto, só pode existir porque o do autor grego existiu, e porque é a fonte de nossa civilização e nossas representações imaginárias. Mas tudo faz um passeio que não se pode mais vivo e concreto neste teatro de Christiane Jatahy que, desde que nós a descobrimos, em 2014, com Julia, adaptacão do texto Senhorita Julia de Strindberg fez envelhecer uma grande parte do que ocorre na Europa” Fabianne Darge – Le Monde

Sesc Consolação
Rua Doutor Vila Nova, 245
3234-3000

No Ginásio Verde

De 26/07 a 05/08

Quinta, sexta, sábado 20h30; domingo, 18h30

Classificação 16 anos

R$50,00 inteira/R$ 25,00 (Meia: estudante, servidor da escola pública, +60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$15,00 (Credencial Plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc)

Capacidade: 270 lugares

Duração: 120 minutos

Classificação etária: 16 anos