Espetáculo reedita parceria dos Irmãos Blat

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Ricardo Blat em "O Amor é Lindo"

Quando o romance, a idealização do ser amado, a fidelidade e a longevidade da relação se deparam com a realidade cotidiana, um novo cenário para o relacionamento se desenha. Nele, prevalece a avaliação da união, segundo os interesses de cada um. Este

“confronto” é o mote do espetáculo O Amor é Lindo, escrito e dirigido por Rogério Blat, que estreia sexta-feira (8) no Teatro Cultura Artística – Itaim, em São Paulo.


A comédia aborda a eterna busca pela felicidade no casamento e inova pelo formato, com o ator Ricardo Blat interpretando tanto o marido quanto a esposa. Trata-se de uma demonstração da virtuose deste, que é um dos maiores atores brasileiros.

Segundo suas palavras: “Fazer o espetáculo é uma forma de questionar as relações padronizadas que chegam ao limite do cômico, mas que sempre podem ser modificadas”.
Já nas palavras de Rogério Blat, “Ao acompanhar a espalhafatosa situação do casal, que lava a roupa suja em público, cada um pode refletir sobre suas próprias aspirações amorosas”. A montagem marca ainda o retorno da parceria entre os irmãos Blat, que já resultou em espetáculos bem-sucedidos da cena brasileira tais como o elogiado Diferente Igual a Gente.

A ficha técnica de O Amor é Lindo conta ainda com outros nomes importantes do teatro brasileiro, como o do cenógrafo Ronald Teixeira. Ronald tem uma profícua parceria teatral com Domingos de Oliveira e Cristina Pereira. Quem assina a iluminação de O Amor é Lindo é Renato Machado. Renato é o responsável pela iluminação da elogiada montagem de Deus da Carnificina, em cartaz no Rio de Janeiro. A direção de produção da peça de Ricardo e Rogério leva a assinatura de Gustavo Nunes.

A estreia nacional do espetáculo aconteceu na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

SERVIÇO:
LOCAL:Cultura Artística – Itaim
ENDEREçO: Av. Presidente Juscelino Kubitschek_,_ 1830, Itaim Bibi –
SãoPaulo (SP).
Ingressos: Sextas e Domingos, R$ 60; Sábados, R$ 70 (com
meia-entrada)
TEMPORADA: de 8 de outubro a 28 de novembro.
SESSõES: Sexta, às 21h30; Sábado, 21h; Domingo, 18h.
CLASSIFICAçãO ETáRIA: 12 anos / DURAçãO: 60 minutos. ACESSO PARA DEFICIENTES.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*