Exposição e dança inspirada em Francis Bacon no CCSP

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Este slideshow necessita de JavaScript.

CORPO SOBRE TELA

SÃO  PAULO – Por ser cadeirante, por muito tempo não sabia desmembrar entre os elogios a mim feitos, o quanto eram de admiração por eu desejar e fazer acontecer quando era mais provável, em pessoas com deficiência, desistir e o quanto era admirado meu trabalho. E não desisto jamais! Assim se dá com o bailarino e coreógrafo Marcos Abranches, cujos médicos sentenciaram que ele não andaria devido à paralisia cerebral decorrente de seu prematuro nascimento. E ele não só anda como dança.

Seu currículo é invejável, com muitos trabalhos na Europa, em especial em Berlim (Alemanha). Até quinta-feira (3), o Centro Cultural São Paulo (CCSP) apresenta exposição sobre Corpo Sobre Tela, espetáculo que estreou ano passado dentro da Mostra Mais Sentidos, solo criado pela sua companhia de dança, a Cia. Vidança,  que tem a direção artística de Rogério Ortiz, e é inspirada pelas obras do artista plástico irlandês, Francis Bacon. Além da beleza visual do trabalho são destacáveis a entrega do bailarino Marcos Abranches, sempre de natureza visceral, e a qualidade diversa e singular de seus movimentos.

Corpo sobre tela

Exposição no Foyer do CCSP: diariamente de 1 (Ter) a 03/07 (Qui), das 10:00 às 22:00

Espetáculo com Marcos Abranches: Qua 02/07, às 20:00

ENTRADA FRANCA

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*