Falando do Universo Teatral

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Adriana Garambone é a stripper Gypsy Rose Lee em GYPSY

Gypsy, de Arthur Laurents, Stephen Sondheim e Jule Styne, é o novo musical da dupla Charles Moeller e Claudio Botelho em cartaz no Teatro Alfa. Não se trata, pois, de uma biografia da célebre stripper Gypsy Rose Lee, visto que ela na trama é uma personagem coadjuvante. O foco da trama reside na mãe de Gypsy, Rose, uma tresloucada mulher, cujo grande propósito é que sua filha brilhe nos palcos norte-americanos.
A obra data de 1959, no entanto, acredito que não há momento mais oportuno para esta encenação brasileira. O Brasil de hoje se assemelha muito ao retratado pelo Musical. A incessante busca pela fama a qualquer preço, as diversas “mães de misses” e os candidatos ao estrelato tornam a história de Gypsy totalmente encaixada na nossa realidade. E o pano de fundo do musical, que é a decadência do teatro de variedades para o teatro burlesco (com nudez em cena) foi algo vivenciado pelo Teatro de Revista Brasileiro, cujo declínio se deu, em parte, por conta do aumento da nudez em cena.

Totia Meirelles vive Mamma Rose de GYPSY, considerado o mais complexo personagem de musicais

A montagem brasileira mantém o padrão de qualidade da dupla Charles/ Claudio. E eles contam com a interpretação das fulgurantes Adriana Garambone e Totia Meireles. A primeira consegue com perfeição fazer a transição da criança oprimida e subjugada do primeiro ato para a adulta voluntariosa do segundo. E Totia tem, enfim, a sua grande personagem teatral. A mulher que é ora cômica e ora patética na busca do seu objetivo. No elenco de coadjuvantes destaque para Eduardo Galvão, Dudu Sandroni e Ada Chaseliov. Isso sem esquecer o encantador grupo de crianças que brilha em seus pequenos momentos, especialmente nos números de sapateado.
Outro destaque é a cenografia de Rogério Falcão, capaz de transportar o espectador para os mais diversos ambientes onde se passa a história. Da mesma forma, Marcelo Pies cria elegantes figurinos e Paulo César Medeiros uma bela iluminação.

Gypsy é um musical feito para encantar especialmente os que conhecem e/ou admiram o universo teatral e as pessoas que gravitam em torno dele.

GYPSY

TEXTO

Arthur Laurents

MÚSICA

Jule Styne

LETRAS

Stephen Sondheim

DIREÇÃO

Charles Möeller

VERSÃO BRASILEIRA / SUPERVISÃO MUSICAL

Claudio Botelho

DIREÇÃO MUSICAL / REGÊNCIA

Marcelo Castro

COREOGRAFIA ORIGINAL

Jerome Robbins

REMONTAGEM COREOGRÁFICA E COREOGRAFIAS ADICIONAIS

Flavio Salles e Janice Botelho

SUPERVISÃO COREOGRÁFICA

Dalal Achcar

CENOGRAFIA

Rogério Falcão

FIGURINOS

Marcelo Pies

DESIGN DE LUZ

Paulo César Medeiros

DESIGN DE SOM

Marcelo Claret

VISAGISMO

Beto Carramanhos

COORDENAÇÃO ARTÍSTICA

Tina Salles

ELENCO

Totia Meireles (Rose)

Adriana Garambone (Louise – Gypsy Rose Lee)

Eduardo Galvão (Herbie)

Renata Ricci (June)

com:

Ada Chaseliov

André Torquato

Carol Costa

Carol Ebecken

Dudu Sandroni

Elton Towersey

Giselle Lima

Giulia Nadruz

Igor Pontes

Jitman Vibranovski

Joane Mota

Kaio Borges

Léo Wainer

Liane Maya

Lucas Drummond

Otávio Zobaran

Patricia Scott Bueno

Sheila Mattos

Tomas Quaresma

Viviane Rojas

e as crianças:

Beatriz Tachlitsky

Giovanna Rangel

Hannah Zeitoune

Iago Rangel

Joana Bas

Jorge Amorim

Julya Dalavia

Leonardo Valor

Matheus Costa

Matheus Felipe

Pedro Menezes

Raquel Bonfante

Thayani Campos

Yago Machado

UM ESPETÁCULO DE

Charles MöellerClaudio Botelho

REALIZAÇÃO

Aventura Entretenimento

Estreia dia 23 de julho

Temporada de 23 de julho a 17 de outubro

Quintas, às 21h

Sextas, às 21h30

Sábados, às 20h

Domingos, às 17h

Teatro Alfa

R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro

Ingressos

Quintas e sextas:

Setor Vip: R$ 120

Setor I: R$ 100

Setor II: R$ 80

Setor III: 60

Sábados e domingos:

Setor Vip: R$ 140

Setor I: R$ 120

Setor II: R$ 100

Setor III: 80

Ingressos à venda:

Diretamente na bilheteria:

De domingo a quarta, de 11h às 19h. Quinta, de 11h às 21h. Sextas, de 11h às 21h30. Sábados, de 11h às 20h. 0

Cartões: Visa, Mastercard, American Express, Diners Club.

Pelo telefone da bilheteria:

(11) 5693-4000 ou 0300 789 3377

Obs: Em dias de espetáculos, a venda é realizada até uma hora antes do início dos mesmos. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo.

* Cobrança de taxa de serviço de R$ 5,00 por ingresso adquirido por esse telefone.

Em domicílio:

www.ingressorapido.com ou pelo telefone: 4003-1212

Cartões: Visa, Mastercard, American Express, Diners Club, Aura, HiperCard.

Sujeito à taxa de conveniência e de entrega.

Duração: 150 minutos (com intervalo)

Classificação etária: 10 anos

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*